Taxa de redução de reservas da semente e mobilização de reservas para a plântula explicam o vigor de sementes de milho

Gisiane Camargo de Andrade Cileide Maria Medeiros Coelho Matheus Santin Padilha Sobre os autores

Resumo:

Compreender como a dinâmica de reserva ocorre durante a germinação e formação de plântulas é determinante para avanços na tecnologia de sementes. Objetivou-se com este trabalho verificar qual temperatura de envelhecimento acelerado é mais eficaz para separar níveis de vigor de sementes de milho e avaliar a dinâmica de reservas durante o processo de germinação e formação de plântulas. Sete cultivares de milho foram submetidas ao teste de germinação, envelhecimento acelerado, peso de mil sementes, comprimento total de plântulas, parte aérea e raiz, massa seca de sementes, plântulas e remanescente no endosperma, taxa de redução de reservas, eficiência de conversão, taxa de mobilização de reservas para a plântula e gasto energético utilizando delineamento inteiramente casualizado. A dinâmica das reservas e formação de plântulas dependem do genótipo e vigor inicial das sementes. O envelhecimento acelerado 45 °C por 72 horas é a combinação mais eficaz para segregar níveis de vigor. Genótipos com maior eficiência de utilização de reservas têm maior vigor, produzindo plântulas com maior massa seca, comprimento total, de parte aérea e raiz, independente do peso da semente. As taxas avaliadas explicam o vigor de sementes de milho e podem ser usadas em programas de controle de qualidade para selecionar cultivares com alta qualidade fisiológica.

Termos para indexação:
Zea mays L.; utilização de reservas das sementes; germinação; qualidade fisiológica

ABRATES - Associação Brasileira de Tecnologia de Sementes Avenida Maringá, nº 1219 , Jardim Vitória Londrina - Paraná Brasil, Tel./ Fax. 55 43 3025-5120 - Londrina - PR - Brazil
E-mail: contato@abrates.org.br