Implante inadvertido de cateter venoso central na veia torácica interna: um alerta

Flavia Ramos Tristão Ricardo César Rocha Moreira Carlos Eduardo Del Valle Giana Caroline Strack Neves Sobre os autores

Resumo

Os cateteres venosos centrais são amplamente usados na prática clínica e estão relacionados a vários tipos de complicações, entre elas o mau posicionamento no momento do implante do cateter. Os autores relatam o caso de um cateter totalmente implantável que foi inadvertidamente posicionado na veia torácica interna direita, sendo a complicação reconhecida após tentativa do uso do cateter na enfermaria. A veia torácica interna direita fica na projeção da veia inominada direita e da veia cava superior, simulando um bom posicionamento do cateter na radioscopia em projeção anteroposterior. Em caso de mau funcionamento de um cateter central no pós-operatório imediato, a conduta deve incluir imagens oblíquas ou de perfil, para excluir a complicação relatada neste trabalho sem necessidade de tomografia computadorizada.

Palavras-chave:
cateteres; quimioterapia adjuvante; procedimentos cirúrgicos vasculares

Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV) Rua Estela, 515, bloco E, conj. 21, Vila Mariana, CEP04011-002 - São Paulo, SP, Tel.: (11) 5084.3482 / 5084.2853 - Porto Alegre - RS - Brazil
E-mail: secretaria@sbacv.org.br