Aspectos clínicos de uma variação anatômica rara das artérias tibial posterior e fibular

Pedro Oliveira Portilho Tulio Fabiano de Oliveira Leite Ricardo Cardoso Lucas Alves Sarmento Pires Julio Guilherme Silva Carlos Alberto Araujo Chagas Sobre os autores

Resumo

A artéria tibial posterior e a artéria fibular se originam do tronco tibiofibular, na fossa poplítea. A trajetória clássica da artéria tibial posterior é correr entre o tríceps sural e os músculos do compartimento posterior da perna, e, então, seguir posteriormente ao maléolo medial. Já a artéria fibular corre na margem lateral da perna, seguindo profundamente aos músculos. O estudo dessas artérias é relevante para o campo da angiologia, cirurgia vascular e cirurgia plástica. O presente trabalho é o primeiro relato de caso de uma anastomose entre ambas artérias, na porção distal de suas trajetórias. Tais artérias se anastomosaram em formato de “X”, antes da divisão da artéria tibial posterior em ramos plantares. Foi feita uma revisão de literatura das variações de tais artérias, dando ênfase ao aspecto clínico e embriológico, de modo a contribuir para novas investigações sobre esses vasos.

Palavras-chave:
variação anatômica; cadáver; artéria fibular; artéria tibial posterior; artéria poplítea

Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV) Rua Estela, 515, bloco E, conj. 21, Vila Mariana, CEP04011-002 - São Paulo, SP, Tel.: (11) 5084.3482 / 5084.2853 - Porto Alegre - RS - Brazil
E-mail: secretaria@sbacv.org.br