A intertextualidade na leitura da alfabetizadora

L'intertextualité dans la lecture de l'aphabétisatrice

La intertextualidad en la lectura de la alfabetizadora

Intertextuality in the reading of a literacy teacher

Cosme Batista dos Santos Sobre o autor

Este artigo apresenta um estudo dos mecanismos lingüísticos e cognitivos envolvidos na construção da definição da 'intertextualidade' por uma professora alfabetizadora em formação. O pressuposto adotado é o de que a retextualização de textos escritos da ciência e da divulgação científica nos eventos de formação implica em reformulação, apropriação e representação social dos objetos teóricos em função das particularidades do contexto enunciativo. Nessa perspectiva, portanto, a análise de um evento de letramento específico da formação do professor, que visa ao ensino-aprendizagem de conceitos ou de definições teóricas, pode ser orientada pela seguinte questão: quais os mecanismos lingüísticos empregados pelo professor em formação para tornar mais familiares as noções teóricas na Universidade? Desse modo, essa análise pode ser desenvolvida com o intuito de ampliar descobertas anteriores sobre a representação social de termos teóricos realizada pelo professor. Trata-se de uma discussão sobre a participação da oralidade e da experiência na aprendizagem da definição especializada.

Letramento; retextualização; representação social; enunciação; intertextualidade


Universidade do Sul de Santa Catarina Av. José Acácio Moreira, 787 - Caixa Postal 370, Dehon - 88704.900 - Tubarão-SC- Brasil, Tel: (55 48) 3621-3369, Fax: (55 48) 3621-3036 - Tubarão - SC - Brazil
E-mail: lemd@unisul.br