Sobre diversidade, representação e inclusão: novas perspectivas no discurso de campanhas de brinquedos

Danielle Barbosa Lins de Almeida Sobre o autor

Resumo

Os brinquedos têm uma função na brincadeira, bem como uma dimensão multifuncional, uma vez que se relacionam com a comunicação visual, pois suas representações conduzem as crianças a práticas inesperadas, o que estimula os designers a explorarem constantemente novas formas de apresentar suas narrativas a uma dupla audiência de pais e filhos. Este artigo investiga como o discurso das campanhas de brinquedos vem mudando ao longo da última década, focalizando as características verbais e visuais das campanhas de brinquedos contemporâneos. Baseia-se na abordagem semiótica social de Kress e van Leeuwen (2006) para as análises das imagens, e nos estudos culturais (BROUGÈRE, 2014), de modo a proporcionar uma visão mais ampla das questões de diversidade, representação e inclusão. As análises sugerem que, à medida que a diversidade e a ruptura gradual das fronteiras de gênero ganharam maior visibilidade nas mídias infantis, testemunhamos a ruptura de narrativas tradicionalmente concebidas em linhas e campanhas de brinquedos.

Palavras-chave:
Brinquedo; Campanha; Diversidade; Narrativa; Multimodalidade.

Universidade do Sul de Santa Catarina Av. José Acácio Moreira, 787 - Caixa Postal 370, Dehon - 88704.900 - Tubarão-SC- Brasil, Tel: (55 48) 3621-3369, Fax: (55 48) 3621-3036 - Tubarão - SC - Brazil
E-mail: lemd@unisul.br