A apropriação em El Aleph Engordado

Appropriation in El Aleph Engordado

Tatiana da Silva Capaverde Sobre o autor

Resumo:

A reescrita na produção literária contemporânea tem buscado tematizar de forma metaliterária o debate sobre autoria e originalidade, não havendo melhor hipotexto que o nome de autor Jorge Luis Borges e seus textos para promover esse debate. O trabalho proposto analisa a apropriação realizada pelo autor argentino Pablo Katchadjian (1977-) do texto El Aleph de Jorge Luís Borges a fim de apontar a relação intertextual praticada e a ressignificação da autoria provocada pelas alterações propostas. A manipulação de engorde do texto e a apropriação do narrador Borges que ocorrem na narrativa El Aleph Engordado (2009) promovem questionamentos quanto aos desdobramentos autorais (Barthes), à função do autor-leitor crítico (Perrone-Moises) e à relação com a tradição (Hutcheon; Borges), permitindo a abordagem crítica sobre os deslocamentos estéticos e conceituais realizados na apropriação.

Palavras-chave:
Autoria; Apropriação; Intertextualidade; Autor-leitor

EDIPUCRS Av. Ipiranga, 6681 - Partenon, Porto Alegre - RS, 90619-900, Tel: 3320-3500 - Porto Alegre - RS - Brazil
E-mail: letrasdehoje@pucrs.br