“O GRITO DO IPIRANGA” E A PERSISTÊNCIA DO TÓPOS HISTÓRICO (UM POEMA INÉDITO DE MACHADO DE ASSIS)

"THE CRY OF IPIRANGA" AND THE PERSISTENCE OF THE HISTORIC TOPOS (AN UNPUBLISHED POEM BY MACHADO DE ASSIS)

WILTON JOSÉ MARQUES Sobre o autor

Resumo

O artigo apresenta a leitura de um poema inédito de Machado de Assis, "O grito do Ipiranga", publicado no jornal Correio Mercantil, em setembro de 1856. Além disso, discute duas crônicas que usam o mesmo tópos histórico do poema, retirado da História de Roma, de Tito Lívio.

Palavras-chave:
Machado de Assis; "O grito do Ipiranga"; crônicas; Tito Lívio

Universidade de São Paulo - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Av. Prof. Luciano Gualberto, 403 sl 38, 05508-900 São Paulo, SP Brasil - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: machadodeassis.emlinha@usp.br