O GUME DA IRONIA EM MACHADO DE ASSIS E JANE AUSTEN

BITING IRONY IN MACHADO DE ASSIS AND JANE AUSTEN

SANDRA GUARDINI TEIXEIRA VASCONCELOS Sobre o autor

A partir de uma observação de John Gledson, que sugere "uma profunda afinidade entre Machado de Assis e Austen, sobretudo em sua ironia onipresente, meticulosa e implicitamente agressiva" (cf. "A parasita azul"), tenciono investigar o potencial dessa afinidade, interrogando os usos que ambos fizeram da ironia como arma de crítica social e as possíveis diferenças que se podem estabelecer entre o modo como cada escritor a mobiliza para dar conta de representar o mundo que era o seu.

ironia, romance; Machado de Assis; Jane Austen; crítica social


Universidade de São Paulo - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Av. Prof. Luciano Gualberto, 403 sl 38, 05508-900 São Paulo, SP Brasil - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: machadodeassis.emlinha@usp.br
Accessibility / Report Error