A ciência como questão em Camilo e Machado, críticos do naturalismo

Science as a question in Camilo and Machado, critics of naturalism

Luciene Marie Pavanelo Sobre o autor

Apesar de ocuparem lugares distintos na historiografia literária, é possível verificar que as obras de Camilo Castelo Branco e de Machado de Assis muito se aproximam. Uma das características que ambos compartilham é a forma crítica e distanciada com a qual observaram os movimentos estéticos de seu tempo. É nosso objetivo mostrar como os autores criticam o discurso científico, utilizado pelo naturalismo, em romances como O que fazem mulheres e O senhor ministro, de Camilo, e no conto "A causa secreta", de Machado.

Camilo Castelo Branco; Machado de Assis; Naturalismo; ciência


Universidade de São Paulo - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Av. Prof. Luciano Gualberto, 403 sl 38, 05508-900 São Paulo, SP Brasil - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: machadodeassis.emlinha@usp.br