DE BOTAFOGO À TIJUCA: SOBREVIVÊNCIA E AUTONOMIA FEMININA NAS VÁRIAS HISTÓRIAS DE MACHADO DE ASSIS

FROM BOTAFOGO TO TIJUCA: SURVIVAL AND FEMALE AUTONOMY IN VÁRIAS HISTÓRIAS BY MACHADO DE ASSIS

Resumo

Buscar uma lógica editorial é tarefa imperiosa para a análise das coletâneas de contos de Machado de Assis, que são compostas por textos publicados em época anterior, formados por outro tipo de materialidade e que posteriormente passaram por um processo de edição realizado pelo literato para reuni-los como uma obra única. Este artigo tem por objetivo refletir sobre a unidade do volume de contos Várias histórias, levando em consideração o modo como pistas deixadas pelo autor na "Advertência" do livro e seus crivos de seleção e organização dos textos possibilitam compreender a obra dentro de um contexto de discussões sobre as várias formas de atuação disponíveis às mulheres frente aos riscos sofridos cotidianamente, em especial em suas relações amorosas.

Machado de Assis; contos; violência de gênero; Várias histórias

Universidade de São Paulo - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Av. Prof. Luciano Gualberto, 403 sl 38, 05508-900 São Paulo, SP Brasil - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: machadodeassis.emlinha@usp.br