EFEITO AGUDO DA CORRIDA ASCENDENTE: CENÁRIO ATUAL E FUTURAS HIPÓTESES

Alberto Souza Sá Filho Sérgio Machado Sobre os autores

RESUMO

Estratégias para ajustes metabólicos são frequentemente consideradas por atletas ao longo de um evento de corrida. O planejamento de tais eventos durante o treinamento nem sempre inclui treinamento em planos inclinados, que deveriam compor esse planejamento. Adiferenciação dos estímulos de treinamento, em condições adversas de intensidade e inclinação, pode gerar benefíciosdiferenciados. No entanto, a corrida ascendente aumenta as expectativas de efeitos deletérios. Portanto, a imposição de diferentes gradientes de inclinação ao longo da corrida poderia gerar demandas metabólicas aumentadas paradesempenho esportivo. Assim, o presente estudo tevecomo objetivo responder questões principalmente sobre os efeitos agudos da corrida ascendente, sua relação com o desempenho aeróbio e a proposição de novas possíveis hipóteses para estudos futuros sobre o assunto. Muitaslacunas ainda precisam ser preenchidas sobre a relevância da corrida ascendente e seus determinantes. Muitas das questões apresentadas apenas levam a explicaçõesespeculativas; por razões lógicas, mais estudos devemse concentrar na prescrição de treinamento em face dediferentes porcentagens de inclinação. Este é o ponto em que o condicionamento específico é necessário, porquea regulação do esforço e do custo de energia resultanteda imposição de corrida ascendente durante corridascompetitivas depende fortemente das experiênciasanteriores.

PALAVRAS CHAVE:
Corrida em Inclinação; Análise Cinemática; Ciclo Alongamento Encurtamento; VO2Máx

Mavera Edições Técnicas e Científicas Ltda Rua Professor Filadelfo Azevedo, 220, Cep: 04508-010, tel: (11) 3051 3043 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: medicalexpress@me.net.br