MedicalExpress, Volume: 2, Issue: 1, Published: 2015
  • February 2015: MedicalExpress stands to become a LILACS indexed journal Editorial

    Silva, Mauricio Rocha e
  • Cardiac autonomic modulation adjustments in isometric exercise Reviews

    António, Ana Márcia dos Santos; Cardoso, Marco Aurélio; Amaral, Joice A. T. do; Abreu, Luiz Carlos de; Valenti, Vitor E.

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO OBJETIVO: O exercício isométrico é caracterizado por promover uma sobrecarga no sistema cardiovascular devido à contração pulsátil seguida por aumento significativo no fluxo sanguíneo muscular. As respostas hemodinâmicas durante o exercício e durante a recuperação do exercício de resistência estão bem documentados. No entanto, existem poucos estudos com dados concretos sobre a influência do exercício isométrico no controle autônomo, a qual pode ser obtida pela análise da variabilidade da frequência cardíaca. O objetivo deste estudo foi analisar publicações sobre a regulação autonômica cardíaca durante o exercício isométrico. MÉTODOS: Os artigos utilizados neste estudo foram selecionados do Pubmed, PEDro, Medline, Lilacs e SciELO. A pesquisa foi feita através do cruzamento das seguintes palavras-chave: exercício isométrico, sistema nervoso autônomo, sistema cardiovascular, e variabilidade da frequência cardíaca, que foram definidas com base nos descritores das rubricas de Saúde (MeSH). RESULTADOS: A pesquisa forneceu 17 artigos sobre modulação autonômica em exercício isométrico: esta modulação caracterizou-se pela diminuição da ação vagal, seguida de aumento da modulação simpática e sua reversão logo após o cessar da contração. CONCLUSÃO: Durante o exercício isométrico, ocorre aumento da modulação simpática e redução da modulação vagal sobre o nódulo sinusal.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: Isometric exercise is characterized by promoting an overload on the cardiovascular system due to pulsatile contraction followed by a significant increase in muscle blood flow. The hemodynamic responses during exercise and during recovery from endurance exercise are well documented. However, there are few studies with hard data regarding the influence of isometric exercise on autonomic control, which can be obtained by analysis of heart rate variability. Thus, the object of this study was to analyze reports on cardiac autonomic regulation in isometric exercise. METHODS: The articles used in this study were selected fromPubmed, PEDro,Medline, Lilacs and SciELO. The search wasmade by crossing the following keywords: isometric exercise, autonomic nervous system, cardiovascular system, and heart rate variability, which were defined based on descriptors of Health Headings (MeSH). RESULTS: The search provided 17 articles in isometric exercise autonomic modulation characterized by decreased vagalmodulation followedby increased sympatheticmodulation and its reversal shortly after the endof the activity. CONCLUSION: During isometric exercise, increased sympathetic modulation and reduced vagal modulation of the sinus node have been reported.
  • Clinical pharmacology of methadone in neonates and in their mothers. A review Reviews

    Pacifici, Gian Maria

    Abstract in Portuguese:

    As mais importantes propriedades da metadona são sua atividade analgésica, a sua eficácia por via oral, a sua prolongada acão supressora de sintomas de abstinência em indivíduos fisicamente dependentes e a persistência de seus efeitos com administração repetida. A actividade analgésica de metadona, um racemato, é quase inteiramente o resultado do seu teor de R-metadona. A depressão respiratória é o principal risco associado a seu uso, e o pico de depressão respiratória normalmente ocorre tardiamente e persiste após o fim de seu efeito analgésico especialmente durante as fases iniciais de seu uso terapêutico. A metadona é metabolizada no fígado e a principal via metabólica é a N-desmetilação por CYP3A4 e CYP2B6. Há uma variabilidade interindividual notável em relação à sua taxa de metabolisacão. Mães com dependência de opiáceos são frequentemente colocadas em terapêutica com metadona antes do parto, na tentativa de reduzir o uso de opiáceos ilícitos. A metadona é útil porque pode ser tomada por via oral, só precisa de uma ou duas doses diárias e tem efeito de longa duração. O desmame não deve ser executado durante a gravidez; por causa do aumento da depuração, a dose de metadona pode precisar ser aumentada nos últimos três meses de gravidez. Correlações positivas significativas foram encontradas para a metadona entre os seguintes parâmetros: concentrações no cordão umbilical, dose média diria, dose durante o terceiro trimestre, e dose diária média cumulativa. Em conclusão, as concentrações de cordão umbilical de metadona foram correlacionados com a dose de metadona. Entre 55% e 94% dos recém-nascidos de mães dependentes de opiáceos nos Estados Unidos mostram sinais de abstinência a opiáceos. A metadona é útil para evitar o uso de drogas ilícitas opióides.

    Abstract in English:

    The outstanding properties of methadone are its analgesic activity, its efficacy by oral route, its extended duration of action in suppressing of withdrawal symptoms in physically dependent individuals, and its tendency to show persistent effects with repeated administration. The analgesic activity of methadone, a racemate, is almost entirely the result of its R-methadone content. Respiratory depression is the chief hazard associated with methadone, and its peak respiratory depressant effects typically occur later, and persist for longer than its peak analgesic effect, particularly in the early dosing period. Methadone undergoes extensive metabolism in the liver and the major metabolic pathway is N-demethylation by CYP3A4 and CYP2B6. There is a remarkable interindividual variability in the rate of methadone metabolism. Mothers with opioid addiction are often placed on methadone before delivery in an attempt to reduce illicit opioid usage. Methadone is useful because it can be taken orally, only requires one or two daily doses and has a long-lasting effect. Weaning should not be attempted during pregnancy and, because of increased clearance, the dose of methadone may need to be increased in the last 3 months of pregnancy. Significant positive correlations were found for umbilical cord methadone concentrations, methadone mean daily dose, mean dose during the third trimester, and methadone cumulative daily dose. In conclusion, umbilical cord methadone concentrations were correlated to methadone dose. A total of 55-94% of infants born to opioid-dependent mothers in US show signs of opioid withdrawal. Methadone is useful to avoid use of opioid illicit drugs.
  • Conscious sedation vs general anesthesia in pediatric dentistry – a review Reviews

    Silva, Cátia Carvalho; Lavado, Carla; Areias, Cristina; Mourão, Joana; Andrade, David de

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO INTRODUÇÃO: A execução de tratamentos odontológicos em pacientes pediátricos que apresentam alterações comportamentais constitui frequentemente um grande desafio clínico para o odontopediatra. Dependendo da maturidade emocional dos pacientes e de suas habilidades físicas, psicológicas e mentais, as técnicas de controle de comportamento usuais podem não oferecer a eficácia e a segurança adequadas à realização dos procedimentos dentários. Nestas circunstâncias, podem ser necessários métodos alternativos e mais invasivos, como a sedação consciente e a anestesia geral. Neste trabalho comparam-se as indicações e contra-indicações de sedação consciente e anestesia geral em odontopediatria. MÉTODO: A revisão da literatura foi realizada através dos motores de pesquisa MEDLINE/PubMed, Science Direct e B-ON, entre abril e junho de 2013, com uma limitação temporal de cinco anos e as seguintes palavras-chave: sedação consciente, a anestesia geral, odontopediatria e diretrizes. RESULTADOS: A sedação consciente é recomendada para pacientes ansiosos, com "medo de dentista e de agulhas", para pacientes que apresentam um maior reflexo do vómito e também para pacientes com necessidades especiais, mas capazes de comunicação. Por outro lado, a anestesia geral é recomendada para pacientes com idade inferior a quatro anos que não colaboram, para respiradores orais, para crianças ASA III ou superior e para crianças que não se comunicam. CONCLUSÕES: Cada técnica deve ser escolhida de acordo com as características do paciente. Apesar da anestesia geral e da sedação consciente introduzirem benefícios no atendimento dentário do paciente infantil, estas não devem ser consideradas como técnicas de intervenção prioritária no controle comportamental. O conhecimento prévio das indicações e contraindicações destas técnicas permitem ao odontopediatra proporcionar um maior nível de qualidade no atendimento dentário, assegurando a maior segurança e o menor desconforto para os seus pacientes jovens.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: Performing dental treatments on pediatric patients who present behavioral problems is usually a great clinical challenge. Depending on the patients’ emotional maturity and their physical, psychological and mental skills, the usual behavior control techniques may not offer adequate efficacy and safety when dental procedures are being carried out. In these circumstances, alternative and more invasive methods such as conscious sedation and general anesthesia may become necessary. OBJECTIVE: To compare the indications and contraindications of conscious sedation and general anesthesia in pediatric dentistry. METHOD: Literature research undertaken through the MEDLINE/Pubmed, Science Direct and B-on search engines between April and June 2013 using a 5 year time frame and the following keywords: conscious sedation, general anesthesia, pediatric dentistry and guidelines. RESULTS: Conscious sedation is recommended to anxious patients who have dental and needle phobia, to patients that present an increased vomiting reflex and also to patients with special needs but capable of communicating. General anesthesia is indicated for non-cooperating patients under the age of four, in mouth breathers, in children ASA III or higher and in pediatric patients who do not communicate. CONCLUSIONS: Each technique must be selected according to the characteristics showed by patient. Although conscious sedation and general anesthesia introduce benefits to pediatric dentistry, they should not be regarded as priority intervention techniques for behavior control. The pediatric dentist’s previous knowledge of these techniques provides a better level of dental care quality as well as more safety and less discomfort for their patients.
  • Effects of shortening and lengthening resistance exercise with low-intensity on physical fitness and muscular function in senior adults Original Research

    Hiruma, Eisuke; Katamoto, Shizuo; Naito, Hisashi

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Identificar os efeitos de encurtamento e alongamento através de exercício resistivo de baixa intensidade, juntamente com exercício aeróbico sobre a aptidão física e força muscular em idosos. MÉTODO: Dezessete homens (58-72 anos) e dezesseis mulheres (58-68 anos) participaram deste estudo: 7 homens e 6 mulheres como controles, 10 homens e 10 mulheres submetidos aos exercícios: um programa de treinamento bissemanal de 8 semanas, consistindo em dez minutos de aerobike a 50% do VO2max e seis exercícios de alongamento/encurtamento (três para membros superiores e três para membros inferiores). Cada exercido foi repetido quinze vezes (50% de Uma-Repetição-Máxima - 1RM) com 5 seg para encurtamento e 5 seg para alongamento). Foram medidos: força de preensão, sit-ups, sentar-e-alcançar, 6 minutos de caminhada, teste de equilíbrio de single-leg com os olhos abertos), teste up-and-go (UP & GO), 1RM dos mesmos seis exercícios, ângulo articular de flexão do joelho e flexão de cotovelo, escala analógica visual, e teste de força muscular para identificar dor muscular tardia. RESULTADOS: A pressão arterial em repouso do grupo exercício apresentou diminuição significativa após as 16 sessões de exercício. O grupo de treinamento aumentou significativamente a força muscular com melhoria da aptidão física, UP & GO, e uma repetição máxima de 6 exercícios de resistência. O exercício combinado não induziu dor muscular tardia. CONCLUSÃO: O presente estudo mostrou que o encurtamento/alongamento combinado com o exercício aeróbico em adultos idosos do sexo masculino e feminino foi eficaz para a diminuição da pressão arterial e aumento de força muscular e aptidão física.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To identify effects of shortening and lengthening low-intensity resistance exercise together with aerobic exercise on physical fitness and muscular strength in senior adults. METHOD: Seventeen males (58-72yrs) and sixteen females (58-68yrs) participated in this study: seven male and six female as control subjects, ten male and ten female as exercise subjects: these subjects completed an 8-week training program (two times/week) consisting of 15 minutes of aerobike exercise at 50% of VO2max and six shortening-lengthening resistance exercises (3 exercises for upper body and 3 exercises for lower body). The subjects exercised resistance training (5 sec for shortening, 5 sec for lengthening) at 50% of one repetition maximum. Primary outcome measures included physical fitness tests (grip strength, sit-ups, sit-and-reach, 6 minutes of walking, single-leg balance test with open eyes), timed up-and-go test (UP&GO), and one repetition maximum of the same six exercises. This study examined joint angle of knee flexion and elbow flexion, visual analog scale, and muscular strength test to identify delayed onset muscle soreness. RESULTS: The resting blood pressures in both exercising groups were significantly decreased after 16 sessions of exercise intervention (p < 0.05). The training group significantly increased muscular strength and improved physical fitness, UP&GO, and one repetition maximum of 6 resistance exercises (p < 0.05). The combined exercise did not induce delayed onset muscle soreness. CONCLUSION: The present study showed that the combined shortening and lengthening resistance training with aerobic exercise in senior male and female adults was effective in decreasing blood pressure and increasing muscular strength and physical fitness.
  • Dizziness profile and clinical features: a population based survey in São Paulo City, Brazil Original Research

    Bittar, Roseli Saraiva Moreira; Mezzalira, Raquel; Grasel, Signe Schuster; Oiticica, Jeanne

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO OBJETIVO: Estudo epidemiológico transversal, desenvolvido para avaliar a prevalência de tontura entre a população adulta da cidade de São Paulo, Brasil, e descrever as características clínicas e nível de desconforto. MÉTODO: Estudo de base populacional na cidade de São Paulo, Brasil, entre abril e outubro de 2012. Um total de 1.960 entrevistas domiciliares foram concluídas. As seguintes variáveis foram analisadas: sexo, idade, características clínicas de tonturas e vertigens, índice de incapacidade. Os testes qui-quadrado, "t" de Student, Tukey e regressão logística foram utilizados para análise estatística. RESULTADOS: Aprevalência de tontura em São Paulo foi de 42%. Em dois grupos etários, foram observados picos de tontura: 49% entre os 46 e 55 anos de idade e 44% entre os idosos (> 65 anos de idade). Vertigem vestibular foi detectada em 8,3%, com uma forte preponderância para o sexo feminino (p <0,001). Os sintomas causaram deficiência em 27% dos entrevistados, com predominância entre as mulheres (p <0,001), que procuraram atendimento médico commais freqüência (p <0,001). O índice de incapacidade por tontura foi significativamente maior (p = 0,0165) entre os indivíduos com menor escolaridade. Não houve correlação entre desconforto por tontura e o tipo de emprego. CONCLUSÃO: Aprevalência de tontura em São Paulo, Brasil, foi estabelecida em 42%. Entre os pacientes sintomáticos, 67% relataram a interrupção das atividades diárias, mas apenas 46% deles procuraram atendimento médico.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: This is a cross-sectional epidemiological survey designed to estimate the prevalence of dizziness among the adult population of the city of São Paulo, Brazil, and to describe the clinical features and level of discomfort. METHOD: This population based study was conductedin the city of São Paulo, Brazil, between April and October 2012. A total of 1,960 household interviews were completed. The following variables were assessed: gender, age, clinical characteristics of dizziness, and dizziness disability index. Chi-square test, Student's t-test,Tukey test and logistic regression were used for statistical analysis. RESULTS: The dizziness prevalence in São Paulo was 42%. Peaks of dizziness were observed in two age groups: 49% among the 46 to 55 year-old, and 44% among the elderly subjects(> 65 years-old). Vestibular vertigo was detected in 8.3% of patients, with a strong female preponderance (p < 0.001). Symptoms caused disability in 27% of the affected respondents and were more frequent among women (p < 0.001). These sought medical care more frequently (p < 0.001). The dizziness disability index was significantly higher (p = 0.0165) among subjects with a lower educational level. There was no correlation between dizziness discomfort and the type of job. CONCLUSION: The prevalence of dizziness in São Paulo, Brazil, was established at 42%. Among the symptomatic subjects, 67% reported interruption of daily activities, but only 46% of them sought medical attention.
  • Body weight dissatisfaction and its correlates among Brazilian adolescents Original Research

    Christofaro, Diego G.D.; Dias, Raphael M. Ritti; Andrade, Selma M. de; Moraes, Augusto C.F. de; Cabrera, Marcos A.S.; Fernandes, Rômulo A.

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO OBJETIVOS: Esse estudo teve como objetivo analisar a prevalência de insatisfação com o peso corporal e sua relação com atividade física e estado nutricional em adolescentes. MÉTODO: O estudo envolveu 2.288 adolescentes. A variável dependente foi a insatisfação com o peso corporal. As variáveis independentes foram a atividade física e estado nutricional. Os fatores de confusão foram: sexo e condição econômica. As associações entre as variáveis dependentes e independentes foram analisadas por meio do teste do qui-quadrado e a magnitude das associações foi estimada pela regressão de Poisson. RESULTADOS: Um total de 56,6% dos adolescentes não se declararam satisfeitos com seu peso, 17,9% queriam aumentar, enquanto que 37,7% queriam diminuir o seu peso. Entre meninos e meninas, a insatisfação como peso corporal associou-se com o estado nutricional, obesidade abdominal e atividade física em análises primárias. Após os ajustes, o estado nutricional e a obesidade abdominal permaneceram significativamente associados à insatisfação com o peso corporal em ambos os sexos. CONCLUSÕES: Uma elevada prevalência de insatisfação com o peso corporal foi identificada e associada com o estado nutricional e com obesidade abdominal em adolescentes.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: This study examined the prevalence of body weight dissatisfaction and its relationship to physical activity and nutritional status in adolescents. METHOD: The study enrolled 2,288 adolescents. The dependent variable was body weight dissatisfaction. The independent variables were physical activity and nutritional status. The confounders were gender, and economic condition. Associations between dependent and independent variables were analyzed through the chi-square test and the magnitude of the associations was estimated by Poisson regression. RESULTS: A total of 56.6% of adolescents were not satisfied with their weight, with 17.9% wanting to increase it, while 37.7% wanted to decrease their weight. In boys and girls, body weight dissatisfaction was associated with nutritional status, abdominal obesity and physical activity in crude analyses. After adjustments, nutritional status and abdominal obesity remained significantly associated to body weight dissatisfaction in both sexes. CONCLUSION: A high prevalence of body weight dissatisfaction was identified, which was associated with the nutritional status and abdominal obesity in adolescents.
Mavera Edições Técnicas e Científicas Ltda Rua Professor Filadelfo Azevedo, 220, Cep: 04508-010, tel: (11) 3051 3043 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: medicalexpress@me.net.br