MedicalExpress, Volume: 2, Issue: 6, Published: 2015
  • Cognitive Behavioral Therapy: state of the art, a review Reviews

    Maia, Ana Claudia C. de Ornelas; Pereira, Luís Moacir Nascimento; Nardi, Antonio Egidio; Cardoso, Adriana

    Abstract in Portuguese:

    Protocolos de Terapia Cognitivo-Comportamental quando aplicados em grupo ou individualmente para tratamento de transtornos de ansiedade e de humor têm eficácia. A conceituação de caso é relevante e essencial na Terapia Cognitivo-Comportamental. Ela tem como função a descrição e explicação da história de vida de cada paciente, favorecendo assim como um guia informativo quanto às escolhas do terapeuta sobre as respectivas intervenções clínicas. Desta forma, o terapeuta ao conceituar o caso tem facilidade em alcançar as metas propostas na terapia com base em evidências. Uma revisão sistemática da literatura foi realizada com base em dados do ISI Web of Knowledge e PubMed. Foram selecionados artigos relativos à Terapia Cognitivo-Comportamental em protocolos terapêuticos individuais e de grupo. Encontramos 366 artigos; descartamos 141 artigos que não estavam em Inglês, 86 que eram revisões e 93 por apresentarem títulos inadequados. Após consulta aos resumos outros 18 artigos foram excluídos, deixando 28 para avaliação do texto integral. Finalmente, 19 foram selecionados para a inclusão. Todos estes artigos relatam tratamento por meio da Terapia Cognitivo-Comportamental. O protocolo para o transtorno do pânico mostra eficácia quando associado ao uso de medicamentos psiquiátricos. Os sintomas depressivos são levemente reduzidos pela Terapia Cognitiva por meio de aquisição das novas habilidades de enfrentamento que exigem esforços na atitude e na reflexão de pensamentos dos pacientes. Na verdade, os pacientes depressivos ruminam menos seus pensamentos quando os interpretam de forma negativa do que nos momentos em que estão completamente sem esperança. Finalmente, o Protocolo Unificado é um procedimento eficiente para o tratamento em grupo ou individual nos transtornos de ansiedade generalizada e de humor.

    Abstract in English:

    Protocols in Cognitive-Behavioral Therapy applied for individual or group for the treatment of anxiety and mood disorders has been found to be effective. Case conceptualization is relevant and essential in Cognitive-Behavioral Therapy because it describes and explains patient presentations in ways that inform interventions. Yet the evidence base challenges the claimed benefits of case conceptualization. A systematic review of the literature has been conducted based on data from ISI Web of Knowledge and PubMed. Articles relating to Cognitive-Behavioral Therapy Protocols in both individual and group therapy procedures were selected. We reviewed 366 articles; we discarded 141, which were not in English, 86, which were reviews and 93 because of inadequate titles. After reading the abstracts a further 18 articles were excluded, leaving 28 to be fully evaluated. Finally, 19 were selected for the final review. These articles that describe Cognitive-Behavioral Therapy treatment for panic disorder, which were effective when patients were also treated by a psychiatrist. Depressive symptoms were only mildly reduced with cognitive therapy in patients seeking the acquisition of coping skills requiring deliberate efforts and reflective thought. Actually, changes in despair thoughts and behaviors require less rumination of negative interpretation of depressive patients. Finally, the Unified Protocol is an efficient procedure for group treatment in cases of generalized anxiety and mood disorders.
  • Chronic effects of aerobic exercise on panic disorder: a systematic review of randomized and non-randomized trials Reviews

    Lattari, Eduardo; Paes, Flávia; Machado, Ana; Rocha, Nuno Barbosa Ferreira; Nardi, Antônio Egidio; Machado, Sérgio

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: Em geral, grande parte dos estudos indicam a existência de uma associação entre os efeitos agudos do exercício aeróbio e um estado de ansiedade reduzida; no entanto, estes estudos não conseguem elucidar completamente a relação entre o efeito crônico do exercício aeróbio e traços de ansiedade. OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi revisar sistematicamente a literatura sobre o efeito crônico do exercício sobre sintomas associados com transtorno do pânico. MÉTODOS: Os estudos foram recuperados de: MEDLINE/PubMed, ISI Web of Knowledge e SciELO. Adotamos a estratégia PICOS para determinar os critérios de elegibilidade. A estratégia de busca foi realizada utilizando uma pesquisa avançada no ISI Web of Science, MEDLINE/PubMed e SciELO com os seguintes termos: “Transtorno de Pânico” e “Exercício”. Operadores booleanos AND e OR foram utilizados para combinação dos termos. A seleção dos estudos foi realizada por dois pesquisadores independentes que, em caso de desacordo, procuraram um consenso sobre a seleção. RESULTADOS: Foram identificados um total de 265 artigos: 199 artigos do PubMed/Medline, 63 artigos do ISI Web of Science e 3 artigos através de pesquisas manuais. Assim, 31 artigos foram analisados pelos critérios de elegibilidade e os critérios de exclusão, sendo que um total de cinco estudos foram incluídos na revisão sistemática. CONCLUSÃO: A prática regular de exercício aeróbio parece ser uma intervenção apropriada para promover a melhoria da gravidade dos sintomas de ansiedade em pacientes com transtorno de pânico.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: In general, most studies have supported an association between the acute effects of exercise and a reduced state anxiety, but failed to completely explain the relationship between the chronic effect of exercise and anxiety traits. OBJECTIVE: The aim of this study was to systematically review the literature regarding the chronic effect of exercise on symptoms associated with panic disorder. METHODS: The studies were retrieved from a MEDLINE/PubMed, ISI Web of Knowledge and SciELO. We adopted PICOS’s strategy recommended to determine the eligibility criteria. The survey was conducted using an advanced search in the ISI Web of Science and MEDLINE / PubMed with MeSH terms and Entry Terms for the keywords “Panic Disorder” basis and “Exercise”. Boolean operators “AND” and “OR” were used separately or in combination. Two independent researchers performed the selection of studies; in case of disagreement they sought a consensus on the selection. RESULTS: A total of 265 articles were identified: 199 articles from PubMed/Medline, 63 articles from ISI Web of Science and 3 articles by manual searches. Thus, 31 articles were analyzed by the eligibility criteria and the exclusion criteria, a total of five studies included in the systematic review. CONCLUSION: The regular practice of aerobic exercise seems to be an appropriate intervention to promote improvements in the severity of anxiety symptoms in PD patients.
  • A spatial coherence-based vision-free brain-computer interface using auditory selective attention Original Research

    Felix, Leonardo Bonato; d’Affonsêca Netto, Aluizio; Ranaudo, Fernando de Souza; Sá, Antonio Mauricio Ferreira Leite Miranda de

    Abstract in Portuguese:

    O desenvolvimento de interfaces cérebro computador (BCI), com base em atenção seletiva auditiva (ASA), auxilia pacientes que não conseguem controlar voluntariamente o movimento do olho para interagir com interfaces visuais, uma vez que tais sistemas são independentes de visão. A Coerência Espacial é técnica alternativa adequada para aplicações BCI, tal técnica é usada em eletroencefalograma (EEG) para detectar o lado, ou hemisfério, em que o sujeito está focalizando atenção. Este método leva em consideração a função de coerência e a distribuição topográfica das respostas entre os eletrodos de EEG. Neste estudo foram coletados sinais EEG de 14 homens adultos com idade entre 19 e 28 anos com aplicação de estímulos sonoros, tons em amplitude modulada (AM) com frequência de modulação e portadora 32/500 Hz na orelha esquerda e 38/2000 Hz na orelha direita. A coerência espacial foi usada em um sistema BCI on-line com ASSR modulada pela atenção seletiva auditiva. Neste trabalho, foi abordado a taxa de transferência de informação (ITR) e os efeitos de sobreposição de janelas nas estimativas da coerência com objetivo de reduzir a duração do ensaio e aumentar a ITR. Conclui-se que a coerência espacial pode útil para detecção do foco de atenção, aplicado a BCI. As taxas de sensibilidade e ITR máximas são de 82% e 1,89 bits/min. Neste caso a melhor sensibilidade e especificidade foram obtidas com 50% de sobreposição entre as janelas nas estimativas da coerência.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: The development of Brain Computer Interfaces based on Auditory Selective Attention allows patients unable to voluntarily control eye movement to interact with the interface, because such systems are independent of vision. An alternative technique suitable for Brain Computer Interface applications is Spatial Coherence, an objective method to detect the side where a subject is focusing attention. This method takes into consideration the Coherence Function and the topographic distribution of responses between EEG electrodes. In this work, we further study the Information Transfer Rate and the effects of overlapping windows in the calculations. The idea behind the overlapping is to decrease the duration of the test in order to augment the Information Transfer Rate. METHOD: EEG signals were collected from fourteen adult men aged between 19 and 28 years. Amplitude-modulated tones were used for stimulation, with 32 and 38 Hz modulation and 500 and 2000 Hz carrier frequencies, on the left and right ears, respectively. Spatial coherence was used in an online Brain Computer Interface system using auditory steady-state responses modulated by Auditory Selective Attention. RESULTS: The obtained hit rates and the Information Transfer Rate may be considered appropriate, with a maximum value of 82% and 1.89 bits/min. The better detector regarding sensitivity versus specificity can be obtained by using a 50% overlap between consecutive data windows. CONCLUSION: We conclude that the Spatial Coherence successfully detected the focus of attention, and it seemed useful as a classifier of the attention condition for vision-free Brain Computer Interface.
  • Excessively crying infants are more common among children of parents with restless legs syndrome Original Research

    Pereira Jr, José Carlos; Hallinan, Márcia Pradella; Pessoa, José Hugo de Lins

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Temos frequentemente observado que infantes que apresentam choro excessivo e agitação ou cólicas noturnas têm pais com Síndrome de Pernas Inquietas. Nosso objetivo foi determinar se estes infantes são mais propensos a terem pais com a Síndrome de Pernas Inquietas. MÉTODOS. Foram entrevistadas 67 famílias com infantes e crianças em busca de uma história de choro excessivo e agitação durante os primeiros 4 meses de vida. Seus pais foram investigadas para Síndrome de Pernas Inquietas. RESULTADOS: Dentre os 134 pais entrevistados, 39 (29%) tinham doença Willis-Ekbom. Entre as 96 crianças avaliadas 37 (38%) apresentaram choro excessivo e agitação. Destas, 28 (76%) apresentaram pelo menos um dos pais com Síndrome de Pernas Inquietas. Entre as 59 crianças sem choro excessivo e agitação, apenas 14 (23, 7%) apresentaram pelo menos um dos pais com a Síndrome de Pernas Inquietas. A associação entre os eventos (crianças de pais com ou sem Síndrome de Pernas Inquietas) foi medida pelo coeficiente phi (0,510), indicando uma associação mais do que trivial. As crianças com choro excessivo e agitação mostraram-se mais propensas a ter pelo menos um dos pais com a doença Willis-Ekbom (75,7 vs. 27,7, “Odds Ratio” = 10, com intervalo de confiança de 95%, 3,82-26,15). CONCLUSÃO: A evidência gerada por este estudo não é suficiente para concluir que o choro infantil excessivo e agitação é equivalente a um diagnóstico provável da doença Willis-Ekbom parental. No entanto, eles fornecem informações, bem como a motivação necessária para empreender estudos mais extensos sobre bebês com choro excessivo e agitação.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: We have frequently observed that infants presenting with excessive crying and fussing, or colic at night have parents with Restless Legs Syndrome. Our objective was to determine if these infants are more likely to have parents with Restless Legs Syndrome (Willis-Ekbom Disease). METHODS: We interviewed 67 families with infants and children, in search of a history of excessive crying and fussing during their first four months of life. Their parents were investigated for Restless Legs Syndrome. RESULTS: Among the 134 interviewed parents, 39 (29%) had Restless Legs Syndrome. Among the 96 children, 37 (38%) presented excessive crying and fussing. Of these, 28 (76%) had at least one parent with Restless Legs Syndrome. Among the 59 children without excessive crying and fussing only 14 (24%) had at least one parent with Restless Legs Syndrome. The association between events (children of parents with vs. without Restless Legs Syndrome) was measured by the phi coefficient (0.510), indicating a more than trivial association. The estimated association was 75.7 vs. 27.7, Odds Ratio = 10 at 95% confidence interval, 3.82-26.15). CONCLUSION: Children with excessive crying and fussing were more likely to have at least one parent with Restless Legs Syndrome. The present evidence is insufficient to conclude that infantile excessive crying and fussing is equivalent to a a probable diagnosis of parental Restless Legs Syndrome. However, they provide information as well as the necessary motivation to undertake more extensive studies of infants with excessive crying and fussing.
  • Anthropometric indicators and their adequacy in older adults from two towns in distinct Brazilian regions Original Research

    Barbosa, Aline Rodrigues; Marchesan, Moane; Guimarães, Alexsander Vieira; França, Vivian Francielle; Marucci, Maria de Fátima Nunes; Coqueiro, Raildo da Silva; Fernandes, Marcos Henrique

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Comparar os indicadores antropométricos e sua adequação em idosos de residentes de duas cidades de regiões distintas do Brasil. MÉTODOS: Estudo transversal, epidemiológico de base domiciliar. Foram examinados 793 indivíduos ( ≥ 60 anos) das regiões sul e nordeste, de acordo com grupos etários (60-69, 70-79 e ≥ 80 anos) e sexo. Os dados foram apresentados como médias (± DP) ou medianas para massa corporal estatura, dobra cutânea triciptal (DCT), índice de massa corporal (IMC), circunferência muscular do braço (CMB) e circunferências do braço (CB), cintura (CC) e panturrilha (CP). A adequação dos indicadores antropométricos (prevalência) também foi comparada: CB (≥ 22 cm) CMB (≥ 22,98 cm, homen; ≥ 20,92 cm, mulher), TSF ( ≥ 9,0 mm, homem; ≥ 20 mm, mulher), CP (≤ 31 cm), CC (< 102 cm, homem; < 88 cm, mulher) and IMC (≥ 22,0 and ≤ 27,0 kg/m2). RESULTADOS: Os valores médios, de todas as variáveis antropométricas foram significativamente maiores entre os homens e mulheres da região sul (n = 477), comparados aos dos idosos da região nordeste (n = 316). A prevalência de baixo peso (IMC <22,0 kg/m2) foi maior na região nordeste e de excesso de peso (BMI >27,0 kg/m2) na região sul. A região nordeste apresentou maior proporção de idosos com circumferência de cintura adequada. Em relação aos demais indicadores analisados, houve maior proporção de idosos da região sul com adequação nutricional. CONCLUSÃO: Os resultados fornecem informações que podem ser usadas na avaliação de idosos de cidades com o mesmo contexto. A vulnerabilidade nutricional está presente nas duas regiões, por deficiência (nordeste) e por excesso (sul).

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To compare anthropometric indicators and their adequacy among older adults from two towns of distinct Brazilian regions. METHODS: A cross-sectional, population, and household-based epidemiological study. A total of 793 persons (age ≥ 60) from the Southern and Northeastern regions of Brazil were evaluated, according to age groups (60-69, 70-79, and ≥ 80 years) and sex. Data for body mass, height, body mass index, triceps skinfold thickness, arm muscle circumference, arm, waist and calf circumferences are presented. The prevalence of adequate anthropometric indicators was also compared for body mass index, arm circumference arm muscle circumference, triceps skinfold thickness, calf circumference and waist circumference. RESULTS: Subjects from the Southern region (n = 477) showed significantly greater mean values for all anthropometric variables vs. subjects from the Northeastern region (n = 316). Underweight (BMI < 22.0 kg/m2) was prevalent in the Northeast, overweight (BMI > 27.0 kg/m2) in the South. Older adults from the Northeast presented a higher proportion of adequate weight circumference. Other measured anthropometric indicators revealed a greater proportion of older adults with nutritional adequacy in the Southern region. CONCLUSION: This study provides information that can be used for anthropometric assessment of older adults in towns within the same context. Older adults of the two regions show vulnerable nutritional status, deficiency in the northeastern and excess in the southern region.
  • Executive dysfunction and low academic attainment in adolescent substance abusers with a history of maltreatment Original Research

    Cunha, Paulo Jannuzzi; Oliveira, Paula Approbato de; Cortezzi, Mariana; Busatto, Geraldo F.; Scivoletto, Sandra

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Abuso de substâncias e maus-tratos têm sido altamente associados com déficits nas funções executivas, porém pouco se conhece sobre o impacto da disfunção executiva nas atividades da vida real, especialmente em adolescentes. O objetivo deste estudo foi investigar a presença de déficits nas funções executivas em adolescentes abusadores de substâncias com histórico de maus-tratos, comparando-os com um grupo de jovens controles saudáveis, assim como analisar a associação entre o desempenho executivo e o nível de escolaridade dos participantes. MÉTODO: A amostra foi composta por 15 adolescentes abusadores de substâncias, vítimas de maus tratos e 15 adolescentes saudáveis, sem história de maus-tratos. Todos os participantes foram avaliados pela Bateria de Avaliação Frontal, composto por seis subtestes: Conceituação, Flexibilidade mental, Programação motora, Sensibilidade à interferência, Controle inibitório e Autonomia Ambiental RESULTADOS: Os adolescentes abusadores não diferiram dos controles saudáveis em variáveis sócio-demográficas, tais como idade, etnia e lateralidade. No entanto, apresentaram desempenho significativamente abaixo dos controles em quase todos os domínios das funções executivas, incluindo capacidade de abstração, flexibilidade cognitiva, planejamento motor e sensibilidade à interferência. Os adolescentes vítimas de maus tratos concluíram menos anos de educação formal do que os controles. A pontuação total da Bateria de Avaliação Frontal correlacionou com o nível de escolaridade, na amostra total (r = 0.511; p < 0.01). CONCLUSÃO: Os adolescentes abusadores de substâncias com histórico de maus-tratos apresentam prejuízos em várias medidas de Funções Executivas. Os resultados da Bateria de Avaliação Frontal associam-se com os anos completados de escolaridade. Nossos resultados evidenciam o impacto negativo da disfunção executiva no aproveitamento escolar em adolescentes. Estratégias com foco em reabilitação neuropsicológica podem ser relevantes para ajudar adolescentes abusadores de substâncias e vítimas de maus tratos a atingirem melhor aproveitamento na escola e, talvez, na vida como um todo.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: Substance abuse and maltreatment are highly associated with Executive Cognitive Function impairments, but very little is known about how symptoms of a condition known as Dysexecutive Syndrome may impact on real-life activities, especially in adolescents. This study investigated the presence of Executive Cognitive Function deficits in maltreated substance-abusing adolescents relative to healthy control subjects and analyzed the association between executive performance and educational attainment. METHOD: The sample consisted of 15 maltreated adolescent substance abusers and 15 non-maltreated healthy adolescents (controls). They were assessed by the Frontal Assessment Battery, composed of six subtests: Conceptualization, Mental flexibility, Motor programming, Sensitivity to interference, Inhibitory control, and Environmental autonomy. RESULTS: Maltreated adolescents did not differ from controls in sociodemographic variables such as age, ethnicity, and handedness. However, they performed significantly and importantly below controls in almost all domains of Executive Cognitive Function, including abstract abilities, cognitive flexibility, motor planning, and sensitivity to interference. Maltreated adolescents also completed fewer years of formal education vs. controls. The Frontal Assessment Battery total score correlated with educational attainment throughout the sample (r = 0.511; p < 0.01). CONCLUSION: Substance-abusing adolescents with a history of maltreatment performed more poorly vs. controls on a variety of measurements of executive functioning, and the results of the Frontal Assessment Battery were associated with educational attainment. Our results evidence a negative impact of dysexecutive symptoms on educational attainment in adolescents. Strategies focusing on neuropsychological rehabilitation may be relevant to help substance-abusing and maltreated adolescents to perform better at school and perhaps in life.
  • Heat pack treatment does not attenuate repeated muscle damage in collegiate females Original Research

    Hiruma, Eisuke; Uchida, Masako; Sasaki, Hiroshi; Umimura, Masakazu

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Exercícios desacostumados causam Dor Muscular Transitória Tardia (DMT); a creatina quinase e a DMT são marcadores indiretos de lesão muscular. Tratamento térmico aumenta o fluxo sanguíneo e alivia a dor. Determinamos os efeitos do tratamento de calor sobr a DMT, a creatina quinase, e a dor causada exercícios máximos de elevação da panturillha. MÉTODOS: Exercício (3 dias): elevação da panturrilha, um movimento cada 3 segundos até que os participantes não puderam manter a velocidade de movimento; esta fase foi seguida por sete dias de recuperação monitorada. Participantes: 14 estudantes universitários do sexo feminino (idade: 20-22) com história anterior exercícios moderados e regulares, divididos em participantes tratados com calor (n = 7; 40 º C, 20 min em ambos os músculos da panturrilha imediatamente após o exercício) vs. nenhum tratamento (n = 7). Os parâmetros medidos foram: número de movimentos diários, creatina quinase, slato em distância com uma única perna (JUMP) e dor percebida (DOR). Foram também medidos a dorsiflexão máxima, circunferência máxima da panturrilha e a força muscular isométrica, que não exibiram variações significativas. RESULTADOS: Não houve diferenças entre os grupos quanto ao número de repetições de elevação de panturrilha; a creatina quinase aumentou significativamente desde o dia 3 do período de exercício até o dia 5 do período de recuperação e chegou ao máximo no dia 2 de recuperação em ambos os grupos; seu valor foi mais elevado no grupo tratado versus controles; a DOR diminuiu significativamente imediatamente após o tratamento de calor; DMT atingiu o pico em ambos os grupos aos 3 dias do período de exercício e desapareceu no dia 4 do período de recuperação. Os valores de JUMP diminuíram significativamente após o exercício inicial e recuperam aos valores iniciais no Dia 4 do período de recuperação. CONCLUSÃO: O tratamento térmico por 20 minutos não minimizou a DMT após o exercício máximo de elevação de panturrilha, mas reduziu a dor muscular imediata.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: Unaccustomed exercise causes transient Delayed Onset Muscle Soreness (DOMS); creatine-kinase and DOMS are indirect markers of muscle damage. Heat pack treatment increases blood flow and relieves pain. We determined the effects of heat pack treatment on DOMS, Creatine-Kinase, pain and jumping following maximum calf-raise exercises. METHODS: Exercise (3 days): calf-raise, 1 movement every 3 seconds until subjects could not maintain movement speed, Recovery: monitored for 7 days. Subjects: 14 female collegiate students (age: 20-22) with previous regular moderate exercise history, divided into heat pack treatment (n = 7; 40ºC, 20-min on both calf muscles immediately after exercise) vs. no treatment (n = 7). Measured parameters: number of daily movements, Creatine-Kinase, one-leg long jumping (JUMP) and perceived pain (PAIN). Maximum dorsiflexion, calf maximum circumference and isometric muscle strength were also measured, but showed no significant variation. RESULTS: There were no differences between groups regarding the number of the calf-raise repetitions; Creatine-Kinase increased significantly from day 3 of the Exercise-period to day 5 of the recovery period and peaked on Recovery day 2 in both groups; it was higher in the treated-group vs. controls; PAIN significantly decreased immediately after the heat pack treatment; DOMS peaked in both groups on day 3 of the Exercise-period, and recovered by day 4 of the recovery period. JUMP values decreased significantly after the initial exercise and recovered to initial values by Day 4 of the recovery period. CONCLUSION: Heat pack treatment for 20 minutes did not minimize DOMS following the maximum calf-raise exercise, but reduced immediate muscle soreness.
  • Two years seen out: MedicalExpress going stronger than ever Editorial

    Rocha-e-Silva, Mauricio
Mavera Edições Técnicas e Científicas Ltda Rua Professor Filadelfo Azevedo, 220, Cep: 04508-010, tel: (11) 3051 3043 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: medicalexpress@me.net.br