Agravo da doença de Parkinson e subtipo motor influencia componentes da capacidade física

Marcelo Pinto Pereira Paulo Henrique Silva Pelicioni Lilian Teresa Bucken Gobbi Sobre os autores

A doença de Parkinson (DP) é caracterizada por diferentes subtipos motores e supõe-se que o desempenho dos componentes da capacidade física é influenciado por esses subtipos. O objetivo desse estudo foi investigar o impacto que a severidade e o subtipo da DP podem trazer sobre o desempenho dos componentes da capacidade física. Trinta e seis pacientes com DP foram distribuídos em quarto grupos: com dominância de tremor (TD) inicial e TD intermediário ou acinesia (AR) inicial e AR intermediário. A força, equilíbrio, coordenação, mobilidade e capacidade aeróbia foram avaliados. AR apresentou um pior desempenho que TD em nos testes. Esse desempenho foi pior com o aumento da severidade da doença em AR, mas não em TD. Conclui-se que os grupos AR e TD são diferentes em relação ao desempenho dos componentes da capacidade física, mas principalmente, esse desempenho piora com o avanço da doença em AR, mas não em TD.

capacidade física; doença de Parkinson; subtipo motor; estágio da doença


Universidade Estadual Paulista Universidade Estadual Paulista, Av. 24-A, 1515, 13506-900 Rio Claro, SP/Brasil, Tel.: (55 19) 3526-4330 - Rio Claro - SP - Brazil
E-mail: motriz.rc@unesp.br