Exercise and cognitive functions in Parkinson's disease: Gender differences and disease severity

"Exercício físico e funções cognitivas na doença de Parkinson: Diferença entre sexos e severidade da doença." Este estudo investigou o efeito de um programa de exercícios multimodal nas funções executivas e na memória de pessoas com doença de Parkinson (DP), considerando gênero e severidade da doença. As funções executivas e a memória de 23 pacientes com DP foram avaliadas antes e após 6-meses de participação no programa de exercícios. Foi observado efeito da intervenção nas funções executivas (habilidade de abstração: p = 0,01), memória imediata (p = 0,04) e memória declarativa episódica (p< 0,001). As mulheres mostraram maior pontuação na memória declarativa episódica (p = 0,03) que os homens, entretanto não foi observada interação entre gênero e intervenção. Estes resultados preliminares indicam que o exercício multimodal parece eficaz em melhorar as funções cognitivas em pacientes com DP, independente do gênero e da severidade da doença, sugerindo que este programa pode ser indicado como estratégia preventiva para atenuar a progressão dos déficits cognitivos nos estágios mais avançados da doença.

exercício físico; funções executivas; memória; doença de Parkinson


Universidade Estadual Paulista Universidade Estadual Paulista, Av. 24-A, 1515, 13506-900 Rio Claro, SP/Brasil, Tel.: (55 19) 3526-4330 - Rio Claro - SP - Brazil
E-mail: motriz.rc@unesp.br