Distribuição vertical, danos e controle cultural de Stenoma catenifer Walsingham (Lepidoptera: Elachistidae) em pomar de abacate

Vertical distribution, damage and cultural control of Stenoma catenifer Walsingham (Lepidoptera: Elachistidae) in avocado grove

Stenoma catenifer Walsingham é a principal praga do abacateiro (Persea americana Mill.) na região Neotropical. O seu manejo tem sido dificultado por fatores relacionados à falta de conhecimento da sua bioecologia e aos sistemas de condução dos pomares. O objetivo deste trabalho foi estudar a distribuição vertical de S. catenifer em abacateiros, os danos ocasionados devido ao seu ataque e o efeito do ensacamento de frutos infestados, na sua sobrevivência. Os experimentos foram conduzidos num pomar comercial, situado no município de São Tomás de Aquino, MG, durante as safras agrícolas 2001/2002 e 2002/2003. A distribuição vertical de ataque de S. catenifer foi observada especialmente na altura inferior e média da planta, sendo que o interior da copa foi o local menos atacado quando comparado com os quadrantes norte, sul, leste e oeste. Esses resultados podem dar importante subsídio para amostragem da praga. A maior porcentagem dos frutos atacados possuía de uma a quatro lagartas, havendo casos em que foram encontrados até oito indivíduos por fruto. As perdas ocasionadas pela broca variaram ao longo do tempo, atingindo valores próximos de 5% numa única avaliação, sendo que, a perda na safra alcançou 27%. O ensacamento dos frutos infestados ocasionou a mortalidade das lagartas de S. catenifer, na avaliação realizada quatro dias depois.

Insecta; Persea americana; broca-do-abacate; praga do abacateiro


Sociedade Entomológica do Brasil Sociedade Entomológica do Brasil, R. Harry Prochet, 55, 86047-040 Londrina PR Brasil, Tel.: (55 43) 3342 3987 - Londrina - PR - Brazil
E-mail: editor@seb.org.br