DIVERSIDADES E CONVERGÊNCIAS NOS INDICADORES DE SAÚDE NO BRASIL E EM MOÇAMBIQUE1 1 Os autores agradecem pela grande contribuição prestada a Daiane Machado e Júlia Pescarini no assessoramento técnico para produção da estatística descritiva utilizada no estudo. Os autores também agradecem ao Institute of Development Studies (IDS) pelo apoio na produção das estatísticas que subsidiaram este artigo.

Diversity and Convergence in Health Indicators in Brazil and Mozambique

RÔMULO PAES-SOUSA LEONARDO CHAVANE VERA SCHATTAN P. COELHO Sobre os autores

RESUMO

O artigo apresenta um panorama da trajetória recente das desigualdades em saúde nos dois países. Partindo da sistematização de dados produzidos pelos órgãos oficiais, de estatística e saúde, mostra como evoluíram os indicadores de acesso à saúde. Observa-se a redução das desigualdades em período recente em ambos os países, sendo de forma mais acentuada em Moçambique, em função do aumento da atenção primária à saúde nas áreas rurais.

PALAVRAS-CHAVE:
desigualdades em saúde; Brasil; Moçambique; atenção primária

Centro Brasileiro de Análise e Planejamento Rua Morgado de Mateus, 615, CEP: 04015-902 São Paulo/SP, Brasil, Tel: (11) 5574-0399, Fax: (11) 5574-5928 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: novosestudos@cebrap.org.br