A DIREITA MORA DO MESMO LADO DA CIDADE: Especialistas, polemistas e jornalistas1 1 O título faz referência ao artigo em que Pierucci (1989) denominava os direitistas da época como os que “moram do outro lado da cidade”, ou seja, longe da zona central paulistana, repleta de aparelhos culturais, ou mesmo da Universidade de São Paulo (USP), conforme sua análise deixava clara. Salientamos a possível mudança ocorrida nesse ínterim, com o título-homenagem.

The Right Wing Lives on the Same Side of the City: Experts, Polemicists and Journalists

DMITRI CERBONCINI FERNANDES ALLANA MEIRELLES VIEIRA Sobre os autores

RESUMO

Neste artigo, intentamos delimitar o espaço social ocupado pelos intelectuais midiáticos de direita que atuaram em favor do impeachment da ex-presidenta Dilma Rousseff entre 2015 e 2016. Consideramos as relações entabuladas por eles com os poderes político, acadêmico, econômico e midiático. Assim, buscamos dar inteligibilidade à organização interna de um âmbito amiúde desprezado pelas ciências sociais brasileiras.

PALAVRAS-CHAVE:
intelectuais; mídia; impeachment; sociologia dos intelectuais; direita

Centro Brasileiro de Análise e Planejamento Rua Morgado de Mateus, 615, CEP: 04015-902 São Paulo/SP, Brasil, Tel: (11) 5574-0399, Fax: (11) 5574-5928 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: novosestudos@cebrap.org.br