GESTÃO, POLÍTICA E MOVIMENTOS SOCIAIS NO DISTRITO SANITÁRIO ESPECIAL INDÍGENA DO ALTO RIO NEGRO

Management, Policy and Social Movements in the Upper Rio Negro Special Indigenous Health District

LUCIANA BENEVIDES FERREIRA DANILO PAIVA RAMOS ALEX SHANKLAND Sobre os autores

RESUMO

Este artigo analisa a relação entre diferentes formas de accountability no contexto do Subsistema de Atenção à Saúde Indígena do Sistema Único de Saúde (SASI-SUS), por meio de um estudo de caso do Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) do rio Negro, localizado no estado do Amazonas. A partir de um episódio de mobilização indígena iniciado após um surto de malária no DSEI, o estudo aponta alguns dilemas fundamentais decorrentes da incorporação de lógicas conflitantes de accountability ao desenho do SASI-SUS.

PALAVRAS-CHAVE:
accountability; movimentos sociais; saúde indígena

Centro Brasileiro de Análise e Planejamento Rua Morgado de Mateus, 615, CEP: 04015-902 São Paulo/SP, Brasil, Tel: (11) 5574-0399, Fax: (11) 5574-5928 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: novosestudos@cebrap.org.br