Efeito-vizinhança e o desempenho escolar: o caso dos estudantes da rede pública de ensino da Cidade do Recife

Neighborhood effect and school performance: The case of students from public schools in the city of Recife

Julia Rocha Araujo Raul da Mota Silveira NetoSobre os autores

Resumo

Este artigo tem como objetivo analisar a influência da vizinhança sobre o desempenho escolar dos alunos da rede pública de ensino do Recife. Especificamente, o trabalho investiga empiricamente a existência de uma relação entre o desempenho do aluno e as características de sua vizinhança e os mecanismos pelos quais atua essa influência. Para tanto, utiliza-se a base de dados da Fundaj (2013)FUNDAJ - FUNDAÇÃO JOAQUIM NABUCO. Coordenação de Estudos Econômicos e Populacionais. Acompanhamento Longitudinal do Desempenho Escolar de Alunos da Rede Pública de Ensino Fundamental do Recife. Recife, 2013. para construir, de forma pioneira no Brasil, as variáveis de vizinhança dos alunos da cidade considerando pequenas escalas geográficas. Os resultados dos exercícios econométricos indicam que os alunos residentes em uma vizinhança mais privilegiada tendem a apresentar, em média, melhor desempenho em matemática. Na análise que considera a composição dos pares de vizinhança, os resultados sugerem que a proporção de repetentes influenciaria o desempenho de matemática.

Palavras-chave
desempenho escolar; efeito vizinhança; segregação residencial

Nova Economia FACE-UFMG, Av. Antônio Carlos, 6627, Belo Horizonte, MG, 31270-901, Tel.: +55 31 3409 7070, Fax: +55 31 3409 7062 - Belo Horizonte - MG - Brazil
E-mail: ne@face.ufmg.br