Trophic organization and fish assemblage structure as disturbance indicators in headwater streams of lower Sorocaba River basin, São Paulo, Brazil

Bruna Botti Cruz Fernanda Ayumi Teshima Mauricio Cetra Sobre os autores

Estudos que buscam investigar os padrões de relação entre a complexidade da estrutura ambiental e a fauna de peixes fornecem informações cruciais para os esforços de restauração de riachos. Para testar a hipótese de que riachos com estrutura ambiental mais complexa sustentam comunidades ícticas mais diversas do ponto de vista taxonômico e funcional, a ictiofauna de trechos de riachos de cabeceira do rio Sorocaba (SE - Brasil) foi amostrada, representando dois tratamentos distintos: (1) um trecho de riacho simplificado, caracterizado por substrato fino e inconsolidado, composto por areia e silte, curso d'água mais profundo, com maior velocidade e poucos elementos diversificadores da estrutura de habitat e (2) trechos de riacho estruturalmente complexos, com substrato de fundo composto por elementos irregulares como cascalho, rochas, seixos, troncos, galhos e restos de madeira, produzindo um padrão diverso de microhabitats, associados à sequências de poços, corredeiras e trechos rápidos. Tanto a estrutura trófica quanto a composição taxonômica foram distintas em relação aos dois tipos de riachos. O grupo trófico dos invertívoros ocorreu somente nos trechos estruturalmente mais complexos, que apresentaram também maior diversidade e riqueza de espécies. Sugere-se incrementar a estrutura ambiental de riachos que sofreram simplificação ambiental, devido à ação humana, a fim de promover a reestruturação da comunidade íctica e o funcionamento ecossistêmico


Sociedade Brasileira de Ictiologia Universidade Estadual de Maringá, Núcleo de Pesquisas em Limnologia, Ictiologia e Aquicultura/Coleção Ictiologia, Av. Colombo, 5790, 87020-900 Maringá, PR, Brasil, Tel.: (55 44)3011 4632 - Maringá - PR - Brazil
E-mail: neoichth@nupelia.uem.br