Mercury and stable isotopes (δ15N and δ13C) as tracers during the ontogeny of Trichiurus lepturus

Ana Paula Madeira Di Beneditto Vanessa Trindade Bittar Carlos Eduardo de Rezende Plínio Barbosa Camargo Helena Amaral Kehrig Sobre os autores

Este estudo utilizou a concentração de mercúrio total (THg) e a assinatura isotópica (δ15N e δ13C) para avaliar a posição trófica e a área de alimentação de Trichiurus lepturus durante sua ontogenia no norte do Rio de Janeiro, sudeste do Brasil. A posição trófica de T. lepturus foi bem detectada pelo THg e δ15N com os espécimes sub-adultos planctívoros distintos dos espécimes adultos carnívoros. As assinaturas de δ13C sugerem uma área de alimentação associada a águas marinhas costeiras que são compartilhadas por peixes em diferentes fases ontogenéticas. Os traçadores de dieta indicaram que os hábitos alimentares desse peixe não variam ao longo das estações do ano, refletindo provavelmente a disponibilidade de presas na área de estudo. Esse peixe tem importância econômica e a concentração de THg foi comparada com o limite estabelecido pela Organização Mundial de Saúde, demonstrando que os espécimes adultos de T. lepturus estão bem próximos do limite tolerável para uma ingestão regular segura.


Sociedade Brasileira de Ictiologia Universidade Estadual de Maringá, Núcleo de Pesquisas em Limnologia, Ictiologia e Aquicultura/Coleção Ictiologia, Av. Colombo, 5790, 87020-900 Maringá, PR, Brasil, Tel.: (55 44)3011 4632 - Maringá - PR - Brazil
E-mail: neoichth@nupelia.uem.br