Two new species of Moenkhausia Eigenmann (Characiformes: Characidae) from Serra do Cachimbo, Pará, Northern Brazil

Leandro M Sousa André L. Netto-Ferreira José L. O Birindelli Sobre os autores

Duas espécies novas de Moenkhausia, uma da bacia do rio Tapajós e outra da bacia do rio Xingu, são descritas como aparentemente endêmicas da Serra do Cachimbo. Ambas, juntamente com M. petymbuaba, compartilham um padrão de colorido exclusivo de grandes manchas escuras conspícuas na base das escamas do corpo. Moenkhausia chlorophthalma, do rio Treze de Maio, um afluente do rio Curuá (bacia do rio Xingu), é facilmente reconhecida pela presença de uma área preta bem delimitada na região anterior da nadadeira adiposa e possuir olhos verdes em vida. Moenkhausia plumbea ocorre nas cabeceiras dos afluentes do rio Braço Norte, bacia do rio Tapajós, e pode ser diagnosticada pela presença de uma faixa longitudinal escura no olho e seis raios ramificados na nadadeira pélvica (vs. sete). As relações entre as novas espécies com as demais Moenkhausia são discutidas.


Sociedade Brasileira de Ictiologia Universidade Estadual de Maringá, Núcleo de Pesquisas em Limnologia, Ictiologia e Aquicultura/Coleção Ictiologia, Av. Colombo, 5790, 87020-900 Maringá, PR, Brasil, Tel.: (55 44)3011 4632 - Maringá - PR - Brazil
E-mail: neoichth@nupelia.uem.br