Previously undescribed dental arrangement among electric knifefishes, with comments on the taxonomic and conservation status of Tembeassu marauna Triques (Otophysi: Gymnotiformes: Apteronotidae)

Estudo recente do material-tipo de Tembeassu marauna Triques, espécie pouco conhecida e atualmente representada em coleções apenas por seu holótipo (macho) e dois parátipos (macho e fêmea), todos coletados há quarenta anos na área do reservatório de Ilha Solteira, região do alto rio Paraná, revelou um padrão de dentição único dentre membros da ordem Gymnotiformes. Esta condição autapomórfica refere-se a um conjunto de cerca de 15 dentes extras, cônicos e alongados, associados ao tecido mole e dispostos no interior da boca em uma área restrita do teto da cavidade oral, posicionados logo à frente dos ossos premaxilares, porém claramente dissociados dos mesmos. Além desta característica óbvia, são também reconhecidos como caracteres supostamente únicos de T. marauna os conspícuos prolongamentos carnosos (isto é, que não são suportados por estruturas ósseas subjacentes) das extremidades anteriores da maxila e da mandíbula. Algumas outras características osteológicas identificadas em radiografias do material tipo da espécie são apresentadas. Uma discussão breve é fornecida, indicando que a inclusão da espécies nominal Tembeassu marauna em Apteronotus La Cépède não se sustenta em evidências atualmente disponíveis. Assim, sugere-se que esta espécie deve ser mantida em seu próprio gênero separado dentro de Apteronotidae. Finalmente, são apresentados argumentos no sentido de reconhecer T. marauna como uma espécie possivelmente ameaçada de extinção na região alto rio Paraná.


Sociedade Brasileira de Ictiologia Universidade Estadual de Maringá, Núcleo de Pesquisas em Limnologia, Ictiologia e Aquicultura/Coleção Ictiologia, Av. Colombo, 5790, 87020-900 Maringá, PR, Brasil, Tel.: (55 44)3011 4632 - Maringá - PR - Brazil
E-mail: neoichth@nupelia.uem.br