The bony fishes (Teleostei) caught by industrial trawlers off the Brazilian North coast, with insights into its conservation

Alexandre Pires Marceniuk Matheus Marcos Rotundo Rodrigo Antunes Caires Ana Patricia Barros Cordeiro Wolmar Benjamin Wosiacki Claudio Oliveira Rayla Roberta Maganhães de Souza-Serra João Gomes Romão-Júnior Wagner César Rosa dos Santos Thayson da Silva Reis Mairink Ribeiro Muniz Gustavo Stabile Cardoso Stephen Ferrari Alex Garcia Cavalleiro de Macedo Klautau Luciano Montag Sobre os autores

RESUMO

A costa Norte do Brasil é um dos pesqueiros de camarão mais importantes do mundo, com uma área total de aproximadamente 223.000 km2. No entanto, dados disponíveis sobre a diversidade de peixes capturados pela frota industrial de arrasto de portas na região são limitados às espécies com valor comercial. Essa lacuna no conhecimento sobre a fauna de peixes marinhos da região é preocupante, tanto para o manejo dos estoques quanto para a conservação da biodiversidade local. O presente estudo é baseado num inventário abrangente dos peixes teleósteos capturados por operações de arrasto de portas da frota industrial que opera na costa Norte do Brasil. Este inventário registrou 201 espécies pertencentes a 64 famílias e 20 ordens, e revelou uma fauna única, caracterizada por 17 espécies endêmicas, e uma mistura de espécies estuarino-dependentes e espécies marinhas, principalmente associadas a recifes de corais. A análise da densidade Kernel indicou que a frota industrial de arrasto de portas opera dentro de um importante ecótono, que abrange uma zona de transição de diferentes comunidades de peixes encontrados na costa Norte do Brasil.

Palavras-chave:
Biodiversidade; Fauna acompanhante; Inventário; Peixes descartados; Peixes marinhos; Pesca de arrasto de portas

Sociedade Brasileira de Ictiologia Universidade Estadual de Maringá, Núcleo de Pesquisas em Limnologia, Ictiologia e Aquicultura/Coleção Ictiologia, Av. Colombo, 5790, 87020-900 Maringá, PR, Brasil, Tel.: (55 44)3011 4632 - Maringá - PR - Brazil
E-mail: neoichth@nupelia.uem.br