Revision of genus Steindachneridion (Siluriformes: Pimelodidae)

Julio Cesar Garavello Sobre o autor

Após vários anos coletando nas localidades tipo e estudando amostras representativas de museus brasileiros e estrangeiros, é apresentada uma revisão taxonômica das espécies Recentes do gênero Steindachneridion Eigenmann & Eigenmann, 1919, incluindo a descrição de uma espécie nova da bacia do rio Iguaçu, acima das Cataratas do Iguaçu. Em comum, os adultos de todas as espécies apresentam grande porte, até 1000 mm ou mais de comprimento padrão e compartilham alguns caracteres anatômicos discutidos neste estudo, que pelo menos preliminarmente suportam o monofiletismo do gênero. Além das características gerais de Pimelodidae, S. amblyurum (Eigenmann & Eigenmann, 1888), S. parahybae (Steindachner, 1877), S. doceanum (Eigenmann & Eigenmann, 1889), S. scriptum (Miranda Ribeiro, 1918), S. punctatum (Miranda Ribeiro, 1918) e S. melanodermatum, espécie nova, têm em comum a forma das placas dentígeras do premaxilar e do vômer, a presença de seis a oito raios divididos na nadadeira dorsal e o número reduzido de rastros branquiais. Todas as espécies, com exceção das fósseis são redescritas e uma chave de identificação é apresentada.


Sociedade Brasileira de Ictiologia Universidade Estadual de Maringá, Núcleo de Pesquisas em Limnologia, Ictiologia e Aquicultura/Coleção Ictiologia, Av. Colombo, 5790, 87020-900 Maringá, PR, Brasil, Tel.: (55 44)3011 4632 - Maringá - PR - Brazil
E-mail: neoichth@nupelia.uem.br