Survival, growth and metabolic parameters of silver catfish, Rhamdia quelen, juveniles exposed to different waterborne nitrite levels

Ronaldo L. de Lima Neiva Braun Daiani Kochhann Rafael Lazzari João Radünz Neto Bibiana S. Moraes Vania L. Loro Bernardo Baldisserotto Sobre os autores

Altos níveis de nitrito (NO2-) podem ocorrer em sistemas de cultivo com alta densidade de estocagem, mas análises sobre os valores de concentração letal e o efeito do NO2- em parâmetros metabólicos e no crescimento são escassos. Neste estudo foi analisada a concentração letal em 96 h (CL50-96h) para nitrito (NO2-) em juvenis de jundiá, Rhamdia quelen, e o efeito de quatro níveis de nitrito (0,06; 0,46; 1,19 e 1,52 mg.L-1) no crescimento e no lactato, glicose, glicogênio e proteína hepática e muscular. A CL50-96h para NO2- foi 20,46 (intervalo de confiança: 16,10-23,68) mg.L-1. No experimento de crescimento, a exposição ao NO2- não afetou o peso, comprimento ou taxa de crescimento específico, mas devido à mortalidade (66,7% e 100% após 20 e 40 dias, respectivamente), a biomassa dos juvenis expostos a 1,52 mg.L-1. NO2- foi significativamente mais baixa que a biomassa dos juvenis expostos aos outros tratamentos. Deste modo, o nível seguro de NO2- para o crescimento do jundiá é abaixo de 1,19 mg.L-1 (2% da CL50-96h). A exposição do jundiá ao NO2- por 40 dias diminuiu os níveis de lactato no músculo, mas esses níveis aumentaram nos exemplares mantidos em 1,19 mg.L-1 NO2-. Além disso, os níveis de glicose no músculo e fígado foram significativamente mais baixos nos jundiás expostos à concentração mais elevada de NO2-. Estes resultados indicam que a exposição crônica ao NO2- provoca uma oxidação anaeróbica do substrato para obtenção de energia.


Sociedade Brasileira de Ictiologia Universidade Estadual de Maringá, Núcleo de Pesquisas em Limnologia, Ictiologia e Aquicultura/Coleção Ictiologia, Av. Colombo, 5790, 87020-900 Maringá, PR, Brasil, Tel.: (55 44)3011 4632 - Maringá - PR - Brazil
E-mail: neoichth@nupelia.uem.br