A new species of HyphessobryconDurbin(Characiformes: Characidae) from the rio Juruena basin, Central Brazil, with notes on H. loweae Costa & Géry

Leonardo F. S. Ingenito Flávio C. T. Lima Paulo A. Buckup Sobre os autores

Uma espécie nova de Hyphessobrycon, H. peugeoti, é descrita do trecho médio da drenagem do rio Juruena, bacia do alto rio Tapajós, estado de Mato Grosso, Brasil. Ela difere de todas as congêneres, com exceção de H. loweae e H. heliacus, pelo alongamento em forma de filamento da nadadeira dorsal e pela margem aproximadamente reta da nadadeira anal em machos adultos. Ela difere de H. loweae e H. heliacus por possuir coloração geral vermelha em vida (vs. colorido dourado em vida em H. loweae e H. heliacus). Além disto, a espécie nova difere de H. heliacus por não possuir marcas em forma de divisas ao longo da linha média do corpo (vs. marcas em forma de divisas presentes em H. heliacus), e de H. loweae por possuir apenas cinco séries de escamas horizontais entre a origem da nadadeira dorsal e a linha lateral (vs. 6-7 em H. loweae) e por possuir elevado número de raios ramificados na nadadeira anal (21-24, moda 22, vs. 17-21, moda 20 em H. loweae). Dados merísticos, morfométricos e de distribuição geográfica adicionais são fornecidos para H. loweae, incluindo os primeiros registros da espécie na bacia do rio Tocantins-Araguaia. Discute-se um grupo presumidamente monofilético que inclui H. peugeoti, H. loweae, H. heliacus, H. elachys e H. moniliger.


Sociedade Brasileira de Ictiologia Universidade Estadual de Maringá, Núcleo de Pesquisas em Limnologia, Ictiologia e Aquicultura/Coleção Ictiologia, Av. Colombo, 5790, 87020-900 Maringá, PR, Brasil, Tel.: (55 44)3011 4632 - Maringá - PR - Brazil
E-mail: neoichth@nupelia.uem.br