Colorful invasion in permissive Neotropical ecosystems: establishment of ornamental non-native poeciliids of the genera Poecilia/Xiphophorus (Cyprinodontiformes: Poeciliidae) and management alternatives

André Lincoln Barroso Magalhães Claudia Maria Jacobi Sobre os autores

RESUMO

Riachos de cabeceira são ambientes susceptíveis à invasão por peixes não-nativos. Neste trabalho, avaliou-se a reprodução de 22 populações dos poecilídeos não-nativos guppy Poecilia reticulata, molinésia preta Poecilia sphenops, molinésia Poecilia velifera, espadinha Xiphophorus hellerii, plati Xiphophorus maculatus e plati variado Xiphophorus variatus durante diferentes anos em cinco riachos de cabeceira localizados no maior polo de piscicultura ornamental da América do Sul, bacia do rio Paraíba do Sul, sudeste do Brasil. Foram encontradas fêmeas da maioria das espécies em reprodução (estágios 2, 3, 4), durante todos os anos nos riachos e fêmeas grávidas de todas as espécies apresentaram pequeno tamanho indicando nanismo. Juvenis de todas as espécies foram frequentes em todos os locais. A fecundidade das seis espécies sempre foi baixa em todos os períodos. Para os períodos bimestrais e totais, encontrou-se mais fêmeas que machos na maioria das espécies. Temperatura e nível de água dos riachos, bem como precipitação pluviométrica não foram correlacionadas com a reprodução. Todas as populações estão estabelecidas nos locais e ações de gerenciamento como dispositivos para impedir a fuga de peixes, erradicação com rotenona e pesquisa científica sobre os efeitos negativos nas espécies nativas são discutidas em relação às práticas de piscicultura na região.

Palavras-chave:
Aquicultura; Córrego; Espécies invasoras; Ovovivíparos; Reprodução

Sociedade Brasileira de Ictiologia Universidade Estadual de Maringá, Núcleo de Pesquisas em Limnologia, Ictiologia e Aquicultura/Coleção Ictiologia, Av. Colombo, 5790, 87020-900 Maringá, PR, Brasil, Tel.: (55 44)3011 4632 - Maringá - PR - Brazil
E-mail: neoichth@nupelia.uem.br