Effects of stocking density on dispersal behavior of Brazilian freshwater dourado (Salminus brasiliensis) in a subtropical river headwater

Dois lotes de 61 e 133 dourados (Salminus brasiliensis Cuvier) juvenis foram introduzidos nas cabeceiras do rio dos Sinos. O intervalo entre as solturas foi de 41 dias. Uma subamostra de 25 peixes foi marcada com radiotransmissores. A dispersão dos indivíduos após soltura mostrou um padrão dependente da densidade. Durante os primeiros dez dias a distância média dos indivíduos do lote 1 (densidade baixa) foi de 24 m d-1, enquanto os indivíduos do lote 2 (densidade alta) percorreram em média 296 m d-1. A atividade dos peixes do lote 1 aumentou depois da soltura do lote 2 e permaneceu alta (459 m d-1) durante 90 dias. A atividade dos indivíduos do lote 2 ficou no mesmo nível durante este período. Depois os movimentos de ambos os lotes diminuíram até uma média de 60 m d-1. O nível alto de movimentos na situação de maior densidade é visto como resultado da competição intraespecífica. As médias das distâncias percorridas por dia permanecem altas até os indivíduos introduzidos estabelecerem-se nos seus habitats novos.

Density dependence; Dispersal; Intraspecific competition; Movements


Sociedade Brasileira de Ictiologia Universidade Estadual de Maringá, Núcleo de Pesquisas em Limnologia, Ictiologia e Aquicultura/Coleção Ictiologia, Av. Colombo, 5790, 87020-900 Maringá, PR, Brasil, Tel.: (55 44)3011 4632 - Maringá - PR - Brazil
E-mail: neoichth@nupelia.uem.br