Accessibility / Report Error

Application of the physical habitat simulation for fish species to assess environmental flows in an Atlantic Forest Stream in South-eastern Brazil

RESUMO

A sub-rotina simulação de habitat físico da metodologia incremental - IFIM usa variáveis hidráulicas e os índices de aptidão das espécies alvo para predizer como diferentes vazões afetam a ocupação de microhabitat por espécies de peixes. Esta abordagem de simulação de hábitat foi adotada para avaliar os efeitos ecológicos sobre três espécies de peixes tropicais de diferentes ordens (Bryconamericus ornaticeps , Ancistrus multispinis e Geophagus brasiliensis ) em dois trechos de um riacho de Mata Atlântica do sudeste do Brasil, durante a estação chuvosa de 2013 e a estação seca de 2014. Características topográficas e hidráulicas (profundidade, velocidade e tipo de substrato) foram mensuradas para implementação da simulação de habitat em uma dimensão; observações subaquáticas dos peixes foram realizadas para avaliação do uso do microhabitat. As curvas de aptidão de habitat de cada variável hidráulica foram utilizadas na simulação de habitat para obtenção das curvas de aptidão composta (HSI) e a área útil ponderada (WUA) versus fluxo, e propor vazões ambientais mínimas e ideais para as espécies de peixes-alvo. A amplitude de vazão de 0,65-0,85 m3/s foi registrada como o ótimo para satisfazer as necessidades das três espécies de peixes. Esta é uma informação objetiva para os gestores de recursos hídricos e que pode ser aplicada no planejamento de programas de gestão visando a conservação dos ecossistemas. Desse modo, pode ser considerado um estudo piloto bem sucedido na avaliação do fluxo ambiental em um riacho da Mata Atlântica do Brasil.

Sociedade Brasileira de Ictiologia Neotropical Ichthyology, Núcleo de Pesquisas em Limnologia, Ictiologia e Aquicultura, Universidade Estadual de Maringá., Av. Colombo, 5790, 87020-900, Phone number: +55 44-3011-4632 - Maringá - PR - Brazil
E-mail: neoichth@nupelia.uem.br