Pools and rapids as spawning and nursery areas for fish in a river stretch without floodplains

Sunshine de Ávila-Simas David Augusto Reynalte-Tataje Evoy Zaniboni-Filho Sobre os autores

Este trabalho avaliou a importância de dois ambientes situados no canal principal do rio do Peixe (afluente do alto rio Uruguai) na reprodução e crescimento inicial dos peixes. As coletas de ictioplâncton, macrozooplâncton e zoobentos foram realizadas mensalmente no período de outubro de 2011 a março de 2012, amostrando um ambiente de corredeira e um ambiente de poço. O instrumento utilizado para a captura do ictioplâncton nos dois ambientes foi a armadilha luminosa. No total, foram capturados 795 ovos e 274 larvas. As espécies que apresentaram maior abundância e frequência de ocorrência do total capturado nos dois ambientes foram Leporinus obtusidens, Bryconamericus iheringii e Bryconamericus stramineus. A avaliação da atividade alimentar revela um maior grau de repleção das larvas em estágios mais avançados no ambiente de poço. O ambiente de poço apresentou uma maior abundância de larvas nos estágios mais avançados de desenvolvimento. Conclui-se que o canal do rio do Peixe é importante para a reprodução e crescimento inicial de peixes e que cada ambiente do rio parece cumprir um papel diferente no ciclo de vida da comunidade ictioplanctônica.


Sociedade Brasileira de Ictiologia Universidade Estadual de Maringá, Núcleo de Pesquisas em Limnologia, Ictiologia e Aquicultura/Coleção Ictiologia, Av. Colombo, 5790, 87020-900 Maringá, PR, Brasil, Tel.: (55 44)3011 4632 - Maringá - PR - Brazil
E-mail: neoichth@nupelia.uem.br