Existe polarização política no Brasil? Análise das evidências em duas séries de pesquisas de opinião 1 1 Uma versão preliminar deste artigo foi publicada, como preprint , no repositório do Social Science Research Network (SSRN). Disponível em: < https://ssrn.com/abstract=3841102> .

Is there political polarization in Brazil? Evidence from two series of public opinion surveys

¿Hay polarización política en Brasil? Análisis de las evidencias en dos series de encuestas de opinión

Existe-t-il une polarisation politique au Brésil? Analyse des preuves dans deux séries de sondages d'opinion

Pablo Ortellado Marcio Moretto Ribeiro Leonardo Zeine Sobre os autores

Embora tenhamos muitas evidências anedóticas sobre a polarização política no Brasil, os estudos empíricos têm se concentrado, em grande parte, no padrão de voto. Partindo de duas séries históricas de pesquisas de opinião (Lapop e World Values Survey), investigamos o fenômeno da polarização política em quatro sentidos consagrados: polarização das opiniões sobre temas políticos, polarização das identidades políticas, alinhamento das opiniões com identidades e polarização afetiva. Verificamos que há polarização de opiniões sobre direitos dos homossexuais e sobre o divórcio, como processo e como estado, respectivamente. As identidades políticas também se polarizaram a partir de 2010, sobretudo entre os mais velhos e menos escolarizados, o que não implicou um aumento de alinhamento. Por fim, constatamos que, entre as pessoas engajadas, há polarização afetiva em torno de algumas identidades.

polarização política; polarização afetiva; guerras culturais


Centro de Estudos de Opinião Pública da Universidade Estadual de Campinas Cidade Universitária 'Zeferino Vaz", CESOP, Rua Cora Coralina, 100. Prédio dos Centros e Núcleos (IFCH-Unicamp), CEP: 13083-896 Campinas - São Paulo - Brasil, Tel.: (55 19) 3521-7093 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: rop@unicamp.br