Accessibility / Report Error

Guerreiro Ramos e a fenomenologia: redução, mundo e existencialismo

Guerreiro Ramos and the phenomenology: reduction,world and existencialism

Partindo-se de um referencial fenomenológico-hermenêutico, busca-se neste artigo interpretar os escritos de Guerreiro Ramos a partir do ano de 1957, com o objetivo de apresentar e discutir os conceitos fundamentais fenomenológicos que o autor usou em seus trabalhos. Para tal, faz-se uma apresentação preliminar da fenomenologia e do método fenomenológico empregado. Demonstra-se que Guerreiro Ramos, ao elaborar sua obra, valeu-se de três pilares oriundos da fenomenologia: redução (de Husserl), mundo (de Heidegger) e existencialismo (de Sartre). Ademais, explana-se que não é possível dizer que o autor foi fenomenólogo, mas sim um sociólogo engajado, que visava a transformação social.

Guerreiro Ramos; Fenomenologia; Redução fenomenológica; Husserl; Heidegger; Sartre


Escola de Administração da Universidade Federal da Bahia Av. Reitor Miguel Calmon, s/n 3o. sala 29, 41110-903 Salvador-BA Brasil, Tel.: (55 71) 3283-7344, Fax.:(55 71) 3283-7667 - Salvador - BA - Brazil
E-mail: revistaoes@ufba.br