Bactérias cultiváveis promotoras do crescimento do cogumelo e seu impacto sobre a produtividade de Agaricus blazei

O objetivo deste trabalho foi identificar bactérias promotoras de crescimento, isoladas de Agaricus blazei, e avaliar o seu efeito sobre o crescimento micelial e a produtividade do cogumelo. Um total de 56 isolados bacterianos associados a A. blazei foram obtidos a partir de solo de cobertura, e identificados por sequenciamento do gene 16S rRNA. As bactérias foram avaliadas quanto à capacidade de solubilização de fosfato, à capacidade de fixação de nitrogênio e à secreção de celulases. Isolados superiores foram testados quanto a seus efeitos sobre a produtividade de A. blazei, o crescimento micelial, e os teores do complexo polissacarídeo-proteínas e os de N, P, K, Ca e Mg. Os isolados bacterianos foram identificados como actinobacteria (60%), firmicutes (20%) e proteobactéria (20%). Entre eles, dez isolados tiveram capacidade de solubilização de fosfato, oito apresentaram capacidade de fixação de nitrogênio e 12 isolados promoveram o crescimento micelial de A. blazei. A inoculação bacteriana reduz o tempo até a colheita em até 26 dias, aumenta o rendimento de cogumelo fresco até 215% e aumenta em duas vezes o teor do complexo polissacarídeo-proteínas quando comparado ao controle não inoculado. O grupo das actinobacterias é o filo predominante associado a A. blazei.

Agaricus blazei; bioprospecção; produção de cogumelos frescos; complexo polissacarídeo-proteínas


Embrapa Secretaria de Pesquisa e Desenvolvimento, Pesquisa Agropecuária Brasileira Caixa Postal 040315, 70770-901 Brasília DF Brazil, Tel. +55 61 3448-1813, Fax +55 61 3340-5483 - Brasília - DF - Brazil
E-mail: pab@embrapa.br