Análise de médias de gerações em relação a sistemas poligênicos com epistasia e genes fixados

JOSÉ MARCELO SORIANO VIANA Sobre o autor

Neste artigo é demonstrado que efeitos epistáticos envolvendo combinações de genes fixados e não fixados contribuem para a média genotípica de qualquer geração. Estes efeitos definem componentes epistáticos específicos, dos tipos aditivo x aditivo e aditivo x dominante. Como tais componentes não são estimáveis, suas importâncias relativas não podem ser avaliadas. Estes efeitos epistáticos podem ser causa de viés nas estimativas dos componentes aditivo e de dominância, com os quais estão confundidos. A magnitude do viés depende dos valores relativos dos efeitos de interação entre genes não alélicos, comparativamente aos desvios d e h, do tipo predominante de epistasia e da direção dos efeitos de dominância.

genética biométrica; componentes de médias


Embrapa Secretaria de Pesquisa e Desenvolvimento, Pesquisa Agropecuária Brasileira Caixa Postal 040315, 70770-901 Brasília DF Brazil, Tel. +55 61 3448-1813, Fax +55 61 3340-5483 - Brasília - DF - Brazil
E-mail: pab@embrapa.br