Caracterização da personalidade de adolescentes do sexo feminino em conflito com a lei: um estudo comparativo

O objetivo deste estudo foi caracterizar um grupo de adolescentes do sexo feminino infratores da lei enfatizando suas diferenças em relação a jovens do sexo masculino infratores e meninas com problemas clínicos. Participaram 90 adolescentes, entre 13 e 18 anos, pertencentes a três grupos: meninas infratoras, meninos infratores e meninas com problemas clínicos. Os participantes foram avaliados conforme o Inventário Clínico para Adolescentes de Millon (MACI) e Ficha de Escalada e Risco (FER), a partir de um desenho descritivo correlacional. Os resultados indicam que as adolescentes infratoras cometem menos delitos e de menor gravidade que os jovens, mas apresentam maiores condições de risco. O seu perfil de personalidade mostra um estilo transgressor ativo, igual ao encontrado nos jovens meninos, e alterações emocionais mais graves que as encontradas nas adolescentes com manifestações clínicas. Este perfil é compatível com os antecedentes internacionais sobre delinquência juvenil e relevante para orientar a intervenção especializada.

delinquência juvenil; mulheres; personalidade


Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ribeirão Preto, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Av.Bandeirantes 3900 - Monte Alegre, 14040-901 Ribeirão Preto - São Paulo - Brasil, Tel.: (55 16) 3315-3829 - Ribeirão Preto - SP - Brazil
E-mail: paideia@usp.br