Accessibility / Report Error

As representações de escolares de bairros periféricos sobre o espaço onde vivem

Suburbian scholarly representations of the space they live in

Este artigo faz parte de uma pesquisa mais ampla, desenvolvida no âmbito do Programa de Políticas Públicas da Fapesp, cujo objetivo fundamental foi compreender aspectos da vida e luta das camadas populares que habitam a periferia da cidade, através de sua fala. Nele, tentamos analisar as representações de escolares residentes em bairros periféricos de Ribeirão Preto-SP, sobre o espaço em que vivem. O material empírico foi levantado a partir de redações aplicadas aos alunos que cursavam as 4as e 5as séries do 1º grau, no 1º semestre de 2000, da rede estadual e da rede municipal que atendem à clientela dos bairros compreendidos no universo da pesquisa: Jardim Progresso, Conjunto Habitacional Avelino Alves Palma e conjunto dos Jardins Anhanguera, Grajaúna, Novo Mundo e Zara, aí incluída a favela do Zara. Os textos revelam uma das faces mais cruéis da exclusão social-crianças privadas do acesso aos bens básicos da vida.

representações; crianças; bairro; exclusão social


Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ribeirão Preto, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Av.Bandeirantes 3900 - Monte Alegre, 14040-901 Ribeirão Preto - São Paulo - Brasil, Tel.: (55 16) 3315-3829 - Ribeirão Preto - SP - Brazil
E-mail: paideia@usp.br