Digagnose nutricional pelos métodos dris e faixas de concentração para algodoeiro cultivado sob cerrado

Nutritional diafnosis for cotton under savannah by using the dris and sufficiency ranges methods

O Brasil é o quarto maior exportador e o quinto maior produtor mundial de algodão. Entretanto, a cultura é produzida, predominantemente, em áreas sob solos de Cerrado, que apresentam limitações naturais de nutrientes. O objetivo do trabalho foi diagnosticar os fatores nutricionais mais limitantes à obtenção de altas produtividades, para a cultura do algodão, por meio de análises foliares interpretadas pelos métodos DRIS e Faixas de Concentração. Foram coletadas 48 amostras de folhas, em área comercial do município de Silvânia (GO). Coletaram-se 10 folhas do algodoeiro, para uma amostra composta, na época de florescimento pleno (90 dias após o plantio). Na interpretação dos resultados das análises foliares pelo método DRIS, foram calculados índices para cada nutriente de cada amostra, pelo procedimento de Alvarez & Leite (1992). Na interpretação pelas Faixas de Concentração, utilizaram-se padrões tabelados. Os dois métodos avaliaram, como nutrientes mais limitantes, N, S, B e Zn. O método DRIS apresentou maior sensibilidade para diagnosticar problemas nutricionais, especialmente para os micronutrientes B e Zn.

Gossypium sp.; análise foliar; índice DRIS; estado nutricional


Escola de Agronomia/UFG Caixa Postal 131 - Campus II, 74001-970 Goiânia-GO / Brasil, 55 62 3521-1552 - Goiânia - GO - Brazil
E-mail: revistapat.agro@ufg.br