Papéis Avulsos de Zoologia, Volume: 57, Issue: 38, Published: 2017
  • SPECIES DIVERSITY AND COMMUNITY STRUCTURE OF FRUIT-FEEDING BUTTERFLIES (LEPIDOPTERA: NYMPHALIDAE) IN AN EASTERN AMAZONIAN FOREST Articles

    MARTINS, LUCAS PEREIRA; ARAUJO, ELIAS DA COSTA; MARTINS, ANANDA REGINA PEREIRA; DUARTE, MARCELO; AZEVEDO, GISELE GARCIA

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO O desmatamento tem impactos negativos na diversidade e padrões de comunidades de diversos taxa. Na Amazônia Oriental, onde um grande desmatamento é previsto para os próximos anos, manchas florestais podem ser essenciais para manter a biodiversidade local. Apesar de crescente preocupação quanto à conservação de áreas ameaçadas, poucos estudos foram realizados a fim de analisar comunidades de grupos diversificados, como insetos, na Amazônia Oriental. Aqui, nós investigamos a diversidade de espécies e a estrutura da comunidade de borboletas frugívoras, um reconhecido grupo de bioindicadores, em um remanescente de floresta Amazônica Oriental localizada na Ilha do Maranhão, Nordeste do Brasil. As borboletas frugívoras foram amostradas mensalmente por um ano. Índices de diversidade e equitabilidade, estimadores de riqueza, curva de rarefação e um gráfico de rank/abundância foram utilizados para descrever a estrutura da comunidade na área de estudo. Nós capturamos 529 borboletas frugívoras de quatro subfamílias, 23 gêneros e 34 espécies. As três espécies mais abundantes, Hamadryas februa, Hamadryas feronia e Hermeuptychia cf. atalanta são indicadores de habitats perturbados e representaram mais da metade dos indivíduos coletados. Os estimadores de riqueza revelaram que entre 87 e 94% das espécies de borboletas frugívoras foram amostradas, sugerindo que poucos registros adicionais seriam feitos para a área. Nossos resultados indicam que distúrbios antrópicos alteraram padrões da comunidade local e fornecem dados para pesquisas futuras em regiões ameaçadas da Amazônia Oriental.

    Abstract in English:

    ABSTRACT Deforestation has negative impacts on diversity and community patterns of several taxa. In the eastern Amazon, where much deforestation is predicted for the coming years, forests patches may be essential to maintain the local biodiversity. Despite increasing concerns about the conservation of threatened areas, few studies have been performed to analyze the communities of diversified groups, such as insects, in the eastern Amazon. Here, we investigated species diversity and community structure of fruit-feeding butterflies, a well-known bioindicator group, in a threatened remnant of an eastern Amazonian forest located on Maranhão Island, northeastern Brazil. Fruit-feeding butterflies were sampled monthly for one year. Diversity and evenness indices, richness estimators, rarefaction curve, and rank-abundance plot were used to describe community structure in the study area. We captured 529 fruit-feeding butterflies in four subfamilies, 23 genera and 34 species. The three most abundant species, Hamadryas februa, Hamadryas feronia, and Hermeuptychia cf. atalanta are indicators of disturbed habitats and represented more than half of the collected individuals. Richness estimators revealed that between 87 and 94% of the fruit-feeding butterfly species were sampled, suggesting few additional records would be made for the area. Our results indicate that human-caused disturbances have altered local community patterns and provide baseline data for future research in threatened regions of the eastern Amazon.
Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo Av. Nazaré, 481, Ipiranga, 04263-000 São Paulo SP Brasil, Tel.: (55 11) 2065-8133 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: einicker@usp.br