Prática Baseada em Evidências em Psicologia e a História da Busca pelas Provas Empíricas da Eficácia das Psicoterapias* * Este artigo é parte da tese de doutorado do primeiro autor (bolsista CAPES, Processo n 13.1.00056.47.7), orientada pela segunda autora (bolsista de produtividade em pesquisa do CNPq – Nível 2, Processo n 303716/2012-6)

Evidence-Based Practice in Psychology and the History of the Search for Empirical Proof on the Efficacy of Psychotherapies

La Práctica Basada en la Evidencia en la Psicología y la Historia de Búsqueda de las Pruebas Empíricas sobre la Eficacia de las Psicoterapias

Jan Luiz Leonardi Sonia Beatriz Meyer Sobre os autores

Resumo

Tradicionalmente, a escolha pelo tipo de intervenção psicoterápica para diferentes quadros clínicos depende fundamentalmente da experiência profissional do terapeuta e de sua predileção por determinadas estratégias clínicas. Todavia, esse cenário tem se modificado no contexto da prática baseada em evidências. Apesar do extenso e acalorado debate na literatura internacional da Psicologia nos últimos anos, o tema da prática baseada em evidências tem sido pouco discutido na Psicologia brasileira. Em vista disso, este artigo tem por objetivo apresentar o paradigma de prática baseada em evidências em Psicologia sob uma perspectiva histórica, enfatizando o embate entre os diferentes posicionamentos sobre o assunto e os esforços da American Psychological Association em elaborar um modelo representativo das diversas perspectivas teóricas, metodológicas, conceituais e práticas com o intuito de preencher a lacuna entre ciência e prática ainda existente na Psicologia Clínica. Espera-se que este artigo possa contribuir para uma maior participação da Psicologia brasileira nesse movimento.

Prática Baseada em Evidências; Psicologia Clínica; Psicoterapia

Conselho Federal de Psicologia SAF/SUL, Quadra 2, Bloco B, Edifício Via Office, térreo sala 105, 70070-600 Brasília - DF - Brasil, Tel.: (55 61) 2109-0100 - Brasília - DF - Brazil
E-mail: revista@cfp.org.br