Estratégias de Aprendizagem em Curso Corporativo a Distância: como Estudam os Trabalhadores?

Learning Strategies in a Distance Corporate Course: how do Workers Study?

Estrategias de Aprendizaje en un Curso Empresarial a Distancia: cómo Estudian los Trabajadores?

Thaís Zerbini Gardênia Abbad Luciana Mourão Lara Barros Martins Sobre os autores

Resumo

A presente pesquisa objetiva verificar as evidências de validade da Escala de Estratégias de Aprendizagem (EEA) aplicada em um curso a distância em ambiente corporativo. Pretende ainda verificar quais são as estratégias de aprendizagem mais utilizadas pelos trabalhadores em ambiente virtual de estudo no contexto de trabalho. O curso avaliado abrange venda de produtos bancários oferecido por um banco de grande porte aos seus funcionários. A EEA foi aplicada em 541 participantes. Foram realizadas análises de componentes principais, fatoriais, consistência interna e descritivas. Os resultados indicaram uma escala de cinco fatores: Controle da Emoção, 4 itens (α = 0,91), Repetição e Organização, 6 itens (α = 0,83), Controle da Motivação, 4 itens (α = 0,97), Elaboração, 3 itens (α = 0,89), Monitoramento da Compreensão, 6 itens (α = 0,91). Busca de Ajuda Interpessoal e Busca de Ajuda ao Material Didático não figuraram como potenciais fatores – já que o desenho do curso avaliado não apresenta material didático, tampouco oferece tutoria ativa aos participantes. A maior ocorrência de médias altas concentra-se nos itens do fator Elaboração eControle da Emoção. Esse fato pode ser explicado pelos indivíduos estarem acostumados a utilizar as estratégias de elaboração e de controle da emoção ao longo da vida, em seus estudos individuais em diferentes situações educacionais.

Treinamento; Avaliação; Estratégias de Aprendizagem; Educação a Distância; Educação Corporativa

Conselho Federal de Psicologia SAF/SUL, Quadra 2, Bloco B, Edifício Via Office, térreo sala 105, 70070-600 Brasília - DF - Brasil, Tel.: (55 61) 2109-0100 - Brasília - DF - Brazil
E-mail: revista@cfp.org.br