Álcool e Direção em Universitários, Comunicação Persuasiva e Prevenção

Persuasive Communication and Prevention in the Use of Alcohol and Driving

Comunicación Persuasiva y la Prevención en el Consume de Alcohol y Conducciónn

Nemésio Dario Almeida Antonio Roazzi Sobre os autores

O presente estudo teve dois objetivos a pesquisar, através da Teoria da Ação Racional (TAR): (1) testar a adequação da TAR no que diz respeito à predição da intenção para adotar o comportamento do não uso de bebidas alcoólicas e direção em estudantes universitários; (2) testar a influência de três tipos de comunicações persuasivas (positiva, negativa e irrelevante), baseadas também na TAR, sobre a intenção de adotar ainda o mesmo comportamento preventivo citado. Para tanto, considerou-se uma amostra de 163 universitários, sendo 99 mulheres e 64 homens, com 18 a 42 anos de idade, do campus UFPE. Os resultados demonstraram que, segundo a TAR, existiu uma rendição para os grupos experimentais; consideráveis percentuais de variância da variável dependente explicados pelas independentes dos grupos experimentais e controle-placebo; correlações satisfatórias e significativas para variáveis. Coube à estratégia persuasiva negativa maior variância da variável dependente. Correlações confirmaram validade teórica e metodológica à TAR. Evidenciaram-se diferentes fatores influenciando o comportamento estudado, apontando possíveis caminhos para o planejamento de programas, cujo objetivo seja estimular o não uso de álcool e direção, e estratégias preventivas, bem como congregar novos modelos (mídia, por exemplo) que elucidam com maior realismo a complexidade desse comportamento nessa significativa população.

Álcool etílico; Trânsito(Transgressões); Atitudes; Prevenção


Conselho Federal de Psicologia SAF/SUL, Quadra 2, Bloco B, Edifício Via Office, térreo sala 105, 70070-600 Brasília - DF - Brasil, Tel.: (55 61) 2109-0100 - Brasília - DF - Brazil
E-mail: revista@cfp.org.br