Predição de Leitura e Escrita no Ensino Fundamental por meio da Educação infantil

Talita de Cassia Batista Pazeto Natália Martins Dias Cristiano Mauro Assis Gomes Alessandra Gotuzo Seabra Sobre os autores

Resumo

O estudo investigou o papel preditivo de funções executivas, a linguagem, as habilidades iniciais de leitura e escrita, a percepção do professor e as características familiares sobre as dificuldades de seus alunos, avaliadas na Educação Infantil (EI) (Jardim I e Jardim II), em relação ao desempenho em leitura e escrita no primeiro ano do Ensino Fundamental. Participaram 71 crianças acompanhadas longitudinalmente no curso da EI em níveis anteriores ao 1º ano, avaliadas em Linguagem Oral (LO), Funções Executivas (FE), habilidades iniciais de Leitura e de Escrita na EI e, no 1º ano, em testes de Leitura e de Escrita. Pais proveram informações sobre nível socioeconômico e professores indicaram crianças com dificuldades. Após processo de imputação de dados, análise de regressão em árvore evidenciou que habilidades de LO e iniciais de leitura e escrita na EI explicaram uma média de 43% da variabilidade em leitura no 1º ano. Para escrita, os modelos incluíram ainda desempenhos em FE, renda, idade do pai e indicação de dificuldade pelo professor na EI, explicando média de 78% da variabilidade em escrita no 1º ano. Os resultados permitiram identificar habilidades e variáveis que podem ser consideradas precursoras para desempenhos posteriores no Ensino Fundamental, podendo informar ações de identificação e intervenção precoces.

Palavras-chave:
Predição; Linguagem Escrita; Funções Executivas; Avaliação; Linguagem Oral

Conselho Federal de Psicologia SAF/SUL, Quadra 2, Bloco B, Edifício Via Office, térreo sala 105, 70070-600 Brasília - DF - Brasil, Tel.: (55 61) 2109-0100 - Brasília - DF - Brazil
E-mail: revista@cfp.org.br