Economia de comunhão: responsabilidade social, ideología e representações sociais

Economia de comunion: responsabilidad social, ideologia y representaciones sociales

Communion economy: social responsibility, ideology and social representations

Maria Luisa Carvalho Pedrinho Guareschi Sobre os autores

O artigo analisa um caso particular de responsabilidade social - a Economia de Comunhão (EdC) - buscando identificar as representações sociais (Moscovici, 2003) que a constituem e se as mesmas possuem ou não um caráter ideológico (Thompson, 1995). Os dados foram coletados através de visitas a empresas, participação em congressos, pesquisas documental e bibliográfica e a análise realizada a partir da hermenêutica da profundidade (Thompson, 1995). Os resultados indicaram que, através de representações de origem religiosa (lucro como benção divina), de outras já sedimentadas pelo capitalismo (ex. lucro como fruto da competência empresarial) e de representações emergentes (ex. empresário como modelo de ética e competência) a EdC cumpre, ideologicamente, a função de legitimar as mudanças nas relações de trabalho requeridas pelos modelos flexíveis de gestão e suprimir as contradições e conflitos sociais à medida que apresenta o empresário como o grande pai, capaz de oferecer sustento, proteção e afeto a pobres e trabalhadores

Economia de Comunhão; Responsabilidade social; Representações sociais; Ideologia


Conselho Federal de Psicologia SAF/SUL, Quadra 2, Bloco B, Edifício Via Office, térreo sala 105, 70070-600 Brasília - DF - Brasil, Tel.: (55 61) 2109-0100 - Brasília - DF - Brazil
E-mail: revista@cfp.org.br
Accessibility / Report Error