Serviço de Psicologia no SAMU: Campo de Atuação em Desenvolvimento

Psychology Service at SAMU: Field of Practice in Development

Servicio de Psicología e SAMU: Campo de Práctica em Desarrollo

Katie Moraes de Almondes Eleni de Araújo Sales Maísa de Oliveira Meira Sobre os autores

Resumo

A exposição a um fenômeno de urgência/emergência pode ser um fator estressor e traumático para pacientes, familiares e profissionais envolvidos. A atuação do psicólogo nessas situações vem sendo delineada por intervenções que facilitem a reabilitação do indivíduo, procurando exercer influência no funcionamento psicológico, facilitando as condições necessárias para que este funcionamento seja mais adaptativo, de acordo com a situação. Além disso, é importante que haja intervenções com os profissionais de saúde que estão diretamente envolvidos nesse contexto. Nesse artigo, é relatada a experiência da inserção do Serviço de Psicologia no SAMU 192 RN (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), que tem como proposta intervenções com as vítimas atendidas em resgate por condições clínicas, acidentes ou violência, assim como com seus familiares, a comunidade envolvida e com os profissionais de saúde do serviço. Percebeu-se o crescimento do reconhecimento da Psicologia ao longo das intervenções realizadas, como um serviço importante e indispensável no atendimento ao sujeito em sofrimento. Este serviço está amparado pelo princípio da integralidade do SUS, que preconiza o homem como um ser integral e biopsicossocial.

Urgência; Intervenção em crise; Psicologia; SAMU

Conselho Federal de Psicologia SAF/SUL, Quadra 2, Bloco B, Edifício Via Office, térreo sala 105, 70070-600 Brasília - DF - Brasil, Tel.: (55 61) 2109-0100 - Brasília - DF - Brazil
E-mail: revista@cfp.org.br