A Implicação do Afeto na Psicologia do Desenvolvimento: uma Perspectiva Contemporânea

Affect in Developmental Psychology: a Contemporary Perspective

El Relevancia del Afecto en la Psicología del Desarrollo: una Perspectiva Contemporánea

José Carlos Chaves Brazão Sobre o autor

Este texto aborda o papel do afeto no desenvolvimento humano, sua implicação na emergência das funções cognitivas superiores, incluindo a linguagem, sua importância como mediador nas relações intersubjetivas e, principalmente, na socialização da criança. Tomamos como referência autores clássicos, como Henri Wallon, e contemporâneos, como Maturana, conjugados sob uma perspectiva desenvolvimentista. Apresentamos, sucintamente, os trabalhos de Daniel N. Stern, cuja teoria da emergência dos sensos de si, compreendidos como perspectivas autônomas para organização da experiência subjetiva, tornou-se referência entre teóricos e clínicos da Psicologia do Desenvolvimento, pela descrição de conceitos tais como a sintonia afetiva, os afetos de vitalidade, a percepção amodal, dentre outros, tão importantes para a compreensão dos processos relacionais humanos. Salientamos, também, as intervenções de base afetiva, visando estimular os processos básicos de interafetividade, compreendidos por serem deficitários em transtornos do desenvolvimento tais como o autismo, enfatizando a sua relevância. Concluímos que a interafetividade é um fator essencial para o desenvolvimento saudável da criança, um agente de socialização, e um poderoso recurso interventivo na clínica.

Afeto; Intersubjetividade; Desenvolvimento; Autismo


Conselho Federal de Psicologia SAF/SUL, Quadra 2, Bloco B, Edifício Via Office, térreo sala 105, 70070-600 Brasília - DF - Brasil, Tel.: (55 61) 2109-0100 - Brasília - DF - Brazil
E-mail: revista@cfp.org.br