Grupo com agentes comunitárias: a construção de novas possibilidades do cuidar

Groups with health community agents: from helplessness to the construction of new healthcare possibilities

Grupo con agentes comunitarias: la construcción de nuevas posibilidades del cuidar

O Programa de Saúde da Família (PSF) é uma estratégia política adotada pelo Ministério da Saúde para promover a transformação do modelo tradicional de cuidados com a saúde na atenção básica. A figura do agente comunitário de saúde (ACS) tem papel fundamental no PSF por ser o principal elo entre a unidade de saúde e a comunidade. A partir do estágio supervisionado em Psicologia Comunitária do Curso de Psicologia da Universidade São Francisco, foi realizado um grupo com os ACSs de uma unidade de PSF de um Município do interior de São Paulo. A proposta do grupo era discutir o trabalho realizado na unidade de saúde, buscando fomentar uma postura protagonista no enfrentamento das dificuldades cotidianas. Para tanto, utilizou-se o referencial dos grupos operativos tal como postulado por Enrique Pichon-Rivière, tendo sido observada, ao longo do processo, uma vivência de grande desamparo por parte das agentes. Essa questão foi abordada a partir de diversas atividades e estratégias de modo a fortalecer os vínculos grupais. Ao final deste trabalho, os ACSs podiam ocupar um lugar de maior propriedade com relação ao trabalho realizado no território.

Psicologia comunitária; Pessoal da saúde; Programa de Saúde da Família; Agente comunitários de saúde


Conselho Federal de Psicologia SAF/SUL, Quadra 2, Bloco B, Edifício Via Office, térreo sala 105, 70070-600 Brasília - DF - Brasil, Tel.: (55 61) 2109-0100 - Brasília - DF - Brazil
E-mail: revista@cfp.org.br