Efeitos Alelopáticos de Diferentes Extratos Aquosos de Plantas no Controle de Plantas Daninhas e no Rendimento do Trigo

M. NAEEM Z.A. CHEEMA M.Z. IHSAN Y. HUSSAIN A. MAZARI H.T. ABBAS Sobre os autores

RESUMO:

O uso de herbicidas sintéticos no controle de plantas daninhas representa uma séria ameaça à produção agrícola sustentável no mundo todo. O efeito fitotóxico de diferentes extratos aquosos de plantas (por ex., sorgo, girassol e amora silvestre) sobre as plantas daninhas foi estudado anteriormente; no entanto, seus efeitos combinados em taxas diferentes ainda precisam ser explorados. Neste estudo, misturas de extratos aquosos alelopáticos de sorgo + girassol e sorgo + girassol + amora foram pulverizados cada a 12, 15, 18 e 21 L ha-1 aos 40 e 55 dias após a semeadura em trigo para controle da aveia selvagem (Avena fatua), erva-cabecinha (Phalaris minor), ançarinha-branca (Chenopodium album) e mastruço (Coronopus didymus). Um herbicida sintético Affinity 50 WP (carfentrazona-etílica 0,75% + Isoproturão 50% aplicado a 1000 g i.a., ha-1) e a capina foram mantidos como tratamento de controle. A ordem crescente da dose de extrato aquoso 12-21 L ha-1 mostrou uma redução substancial na densidade total de plantas daninhas e na produção de biomassa seca de plantas daninhas de folhas estreitas e de folhas largas em todas as combinações de tratamento. A mistura de extratos de sorgo + girassol + amora cada um a 18 L ha-1 aos 40+55 DAS resultou em uma diminuição de 87,14% na matéria seca total de plantas daninhas com 19,5% de rendimento de trigo e maiores benefícios líquidos de Rs. 100525 com taxa marginal de retorno de 777,5%. No entanto, a aplicação de extratos aquosos de sorgo + girassol cada um a12 L ha-1 aos 40+55 DAS foi mais econômica que os demais tratamentos em termos de maior taxa marginal de retorno, de 799,82%. Com base neste estudo, pode-se sugerir que o uso de extratos aquosos de plantas com efeito alelopático em mistura pode atuar como uma estratégia potencial de controle de plantas daninhas no trigo.

Palavras-chave:
herbicida; manejo de plantas daninhas; trigo

Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas Departamento de Fitotecnia - DFT, Universidade Federal de Viçosa - UFV, 36570-000 - Viçosa-MG - Brasil, Tel./Fax::(+55 31) 3899-2611 - Viçosa - MG - Brazil
E-mail: rpdaninha@gmail.com