Pré-Tratamento de Sementes e Geometria do Plantio Influenciam Positivamente a Aplicação de Herbicidas no Trigo (Triticum aestivum)

A. ULLAH A. KHALIQ A. RIAZ M.A. NOOR S. FIAZ M.A. WAQAS M. ZAIN U. ASHRAF A. NAWAZ Sobre os autores

RESUMO:

Um experimento foi conduzido para avaliar os efeitos resultantes do sistema de pré-germinação, priming, padrões de plantio e tratamentos de controle de ervas daninhas sobre o espectro da erva daninha, rendimento de grãos e rentabilidade do trigo, durante o período de desenvolvimento da planta de 2013-14. As sementes foram preparadas de duas formas: sem a utilização do sistema de priming, e sob condicionamento osmótico, osmopriming. Os padrões de plantio foram semeadura a lance (broadcast) e em linha (row plantation) e quarto dosagens de herbicidas foram aplicadas (pyroxulam nas dosagens 14,08, 10,56, 7,04 e 7,521 g i.a. ha-1), em um delineamento inteiramente casualizado em sistema de parcela subdividida split-plot. Os dados relativos à densidade de plantas daninhas, ao estabelecimento, ao crescimento e ao rendimento dos traços de trigo associados foram registrados e analisados por técnica de análise de variância usando software estatístico DSAASTAT. Os resultados revelaram que a contagem final de emergência foi significativamente melhorada pela semeadura em linha. Os tratamentos de preparação de sementes resultaram em emergência prévia de colheita e propagação do dossel e também diminuiu a densidade de ervas daninhas e o peso seco em 13% e 18%, respectivamente, a 60 DAS (dias após a semeadura). Além disso, o rendimento de grãos foi melhorado em 8% também nas parcelas de tratamento de cebola. A semeadura em linha do tratamento do trigo diminuiu a densidade de ervas daninhas e o peso seco em 17% e 25%, respectivamente, com um rendimento de grão melhorado em 14% em relação ao método de semeadura a lance. O Pyroxulam com uma taxa de 14,08 g i.a. ha-1 aplicado a 60 DAS reduziu a densidade total de ervas daninhas e o peso seco em 88% e 96%, respectivamente, e o rendimento de grãos foi melhorado em 36% em relação às parcelas de verificação de plantas daninhas. Em conclusão, as sementes sob condicionamento osmótico (1% de KCl) semeadas em linhas de 22,5 cm de distância proporcionaram maior produção de trigo, as ervas daninhas foram devidamente controladas por aplicação de piroxulam aplicado na dose recomendada (14,08 g i.a. ha-1) e também 75% da dose recomendada sob condições de Faisalabad.

Palavras-chave:
iniciação de sementes; geometria de plantação; herbicidas; espectro de ervas daninhas

Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas Departamento de Fitotecnia - DFT, Universidade Federal de Viçosa - UFV, 36570-000 - Viçosa-MG - Brasil, Tel./Fax::(+55 31) 3899-2611 - Viçosa - MG - Brazil
E-mail: rpdaninha@gmail.com